-->


Home / Notícias / Unafisco na Mídia
27/05/2008 - Funcionalismo
O Globo
Auditores da Receita ameašam retomar greve

Martha Beck

BRASÍLIA. Os auditores fiscais ameaçaram ontem retomar a greve da categoria, suspensa no dia 12 de maio. Segundo o Sindicato Nacional dos Auditores da Receita Federal (Unafisco), a paralisação foi suspensa até 1ode junho apenas para dar tempo ao governo de apresentar propostas concretas às reivindicações da categoria, que quer elevar o teto dos salários a R$ 19.600.

— Mostramos disposição de diálogo com o governo ao suspendermos a greve por 21 dias.

Agora a continuidade ou não de nosso movimento de paralisação por aumento salarial e valorização profissional está nas mãos do governo — disse o presidente do Unafisco, Pedro Delarue.

Embora nos últimos anos os auditores tenham recebido reajustes que chegam a cerca de 160%, eles iniciaram uma greve no dia 18 de março, que durou 54 dias, afetando o desembaraço de mercadorias nas alfândegas.

Além de um reajuste de cerca de 40%, a categoria quer que o governo não corte o ponto relativo aos dias parados e antecipe o calendário de reajuste.

O Ministério do Planejamento já havia proposto elevar os salários a R$ 19.250 até julho de 2010. Porém, os auditores querem que o aumento seja concedido integralmente até abril de 2008. Hoje haverá uma reunião com o governo. Apesar das ameaças, o movimento perdeu força depois que o governo cortou o ponto dos grevistas. Segundo o Unafisco, os salários de maio, pagos em junho, terão um corte relativo a sete dias.


 
 
voltar para índice de boletins Parlamentares