-->


Home
Brasília, 13 de maio de 2008

ANO XIII

Nº 2597

     

Contrapartida
Auditores cobram efetividade nas negociações

A volta ao trabalho dos Auditores-Fiscais, depois de 52 dias de greve, foi manchete nos principais jornais do Brasil, ontem (12/5). A trégua estabelecida pela Classe em resposta ao apelo do ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, no dia 6 de maio, foi decidida na última Assembléia Nacional (8/5).

Desde o início da Campanha Salarial, em agosto do ano passado, os Auditores buscam obter a devida valorização do cargo e o atendimento das reivindicações através do diálogo. O que não foi possível em virtude dos sucessivos recuos por parte do Governo.

A expectativa da Classe é que o Executivo, a partir da suspensão da greve, valorize essa demonstração de boa vontade e reabra de forma efetiva as negociações. É fundamental aproveitar a trégua que se estenderá até o dia 1º de junho para marcar novas reuniões. A intenção é que pontos pendentes sejam discutidos e que avanços concretos sejam acordados como resposta ao gesto dos Auditores.

Comunicado – Com o intuito de concluir a negociação o quanto antes, o presidente do Unafisco, Pedro Delarue, e da Fenafisp (Federação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), Lupércio Montenegro, enviaram cartas assinadas em conjunto ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e a alguns ministros comunicando a suspensão da greve. As cartas podem ser lidas anexas.

“Os Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil nunca desejaram a Greve, pois entendemos ser nosso dever suprir o Estado Brasileiro de recursos financeiros, tão necessários para a promoção do crescimento do Estado e continuidade das atividades e projetos em benefício da sociedade brasileira. Porém, após sete meses de negociação com o Ministério do Planejamento, os Auditores-Fiscais viram retroceder os acordos e negociações, mesmo após a aprovação do orçamento e dos recordes de arrecadação em 2008”, explicaram os sindicalistas ao presidente Lula.

“Estamos certos de que a garantia dada por Vossa Excelência é suficiente para acreditarmos que doravante haverá avanços nas negociações a fim de, rapidamente, chegarmos a um bom termo”, argumentaram ao ministro Paulo Bernardo.

Agora cabe ao Governo, ciente da insatisfação dos Auditores e do prazo para a negociação, apresentar uma proposta definitiva que traduza a importância da Classe para o Estado e de fato atenda as suas reivindicações.

INÍCIO

 

Informe
Unafisco informa à sociedade suspensão da greve

O Unafisco Sindical publicou nessa segunda-feira (12/5) um comunicado à sociedade brasileira nos jornais Folha de São Paulo e Correio Braziliense, detalhando os motivos da suspensão temporária da greve dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil desde ontem.

O texto assinado pelo presidente do Unafisco Sindical, Pedro Delarue, esclarece que a paralisação foi o último recurso a que os Auditores recorreram ante a indisposição do Governo em cumprir acordos firmados anteriormente com a Classe.

Também detalha que foram mais de 20 reuniões desde agosto de 2007 com recuos insistentes do Executivo em suas propostas, o que revelou a falta de disposição do Governo em negociar. Essa intransigência acabou se refletindo de forma negativa na vida dos contribuintes brasileiros.

No comunicado, Delarue pontua que, diante desse cenário, uma frente parlamentar com cerca de 50 deputados e senadores clamou pela suspensão do movimento e retomada das negociações. Relata ainda que os Auditores-Fiscais decidiram confiar na palavra do ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, de que o diálogo seria retomado após a suspensão do movimento.

A decisão da Classe, segundo o presidente do Sindicato, demonstra mais uma vez o espírito público de que os Auditores estão imbuídos e a opção de buscar o entendimento pela via da negociação. Pedro Delarue finaliza a nota à sociedade:

“Prosseguiremos desempenhando nosso papel fundamental para o Estado brasileiro de combate à sonegação, ao contrabando, ao desvio, à lavagem de dinheiro e às fraudes previdenciárias, garantindo a arrecadação nacional, o equilíbrio das contas públicas e a segurança de nossas fronteiras”.

O comunicado à sociedade pode ser lido na íntegra anexo ao Boletim.

INÍCIO

 

Área Restrita
Sindicato busca solução para desconto dos dias parados

Confira na Área Restrita do site do Unafisco matéria sobre as alternativas que estão sendo buscadas na Justiça pela Diretoria de Assuntos Jurídicos do Sindicato com relação ao desconto dos dias parados durante a greve da Classe.

INÍCIO

 

Recife
Auditores reforçam trabalho em busca de apoio no Congresso

Em Recife, o último dia da greve, antes da suspensão, foi marcado por contatos com representantes do Legislativo Federal. Uma equipe de Auditores, composta por dirigentes sindicais e por outros filiados à DS (Delegacia Sindical) Recife ou à Fenafisp (Federação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), visitou dois parlamentares pernambucanos: o deputado Maurício Rands (PE), líder do PT na Câmara, e o senador Romero Jucá (PMDB/RR), líder do Governo no Senado.

As reuniões tiveram como objetivo demonstrar a justeza das reivindicações da Classe e pleitear apoio dos parlamentares para que as negociações com o Governo avancem de modo a solucionar o atual conflito. Na ocasião, foi entregue aos dois parlamentares documento contendo o histórico da greve e um resumo da proposta conciliatória aprovada na Assembléia Nacional de 30 de abril.

Tanto o deputado quanto o senador subscreveram o manifesto ( anexo ao Boletim) organizado pelas entidades representativas dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil e do Trabalho em que afirmam a convicção de que a suspensão do movimento paredista propiciará a retomada das negociações em um patamar de boa vontade e dignidade entre Governo e servidores, visando ao retorno à normalidade dos importantes serviços prestados à Nação pela Classe dos Auditores.

INÍCIO

 

Trabalho parlamentar
Deputado federal Ubiali recebe Auditores de Franca

Ribeirão preto.jpg

Auditores-Fiscais da DRF (Delegacia da Receita Federal do Brasil) em Franca (SP), filiados à DS (Delegacia Sindical) do Unafisco Sindical em Ribeirão Preto (SP) e à Fenafisp (Federação Nacional de Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), reuniram-se na sexta-feira (9/5) com o deputado federal Marco Aurélio Ubiali (PSB/SP) para discutir a Campanha Salarial da Classe. A conversa durou cerca de uma hora.

Na oportunidade, os Auditores apresentaram ao congressista um breve histórico a respeito da Campanha Salarial e enfatizaram a importância do apoio parlamentar como instrumento eficaz na reabertura das negociações.

Por fim, reforçaram a disposição da Classe pelo breve desfecho das negociações, o que está sendo demonstrado pela opção de suspender a greve com vistas à criação de um ambiente favorável a um acordo.

Foi entregue ao parlamentar material com descrição e análise sobre fatos e proposta conciliatória, tendo como base um documento encaminhado ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por intermédio da DS/Manaus e da Fenafisp.

O deputado manifestou interesse em auxiliar na solução do impasse, mencionando, ainda, que iria se reunir com outros parlamentares para analisar o documento e definir os próximos passos políticos.

A carta entregue ao deputado Ubiali está anexa a este Boletim e os demais documentos estão publicados na Área Restrita.

INÍCIO

 

Salvador
Comissão de Auditores visita parlamentar

reduzida.jpg

Uma comissão, formada por Marialva Calabrich, presidente da DS (Delegacia Sindical) Salvador (BA), César Sapucaia, vice-presidente da DS, e a Auditora aposentada Márcia Meira, reuniu-se com o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM/BA) em seu gabinete, nessa segunda-feira (12/5). O objetivo foi pedir ao parlamentar que intervenha em favor da categoria junto ao Governo. A visita dá continuidade ao trabalho parlamentar dos Auditores de Salvador.

A íntegra da nota está anexa ao Boletim.

INÍCIO

 

Aduana
Diretor participa de evento na Câmara dos Deputados

No início da tarde de ontem (12/5), o diretor de Assuntos Parlamentares do Unafisco Sindical, Eduardo Artur Neves Moreira, representou o Sindicato em cerimônia realizada, na Câmara dos Deputados, em comemoração aos 200 anos da chegada da Corte portuguesa ao Brasil e à abertura dos portos brasileiros às nações amigas.

Na ocasião, aconteceu a abertura da exposição “As Origens do Estado Nacional das Cortes Gerais ao Parlamento Brasileiro”, seguida de um seminário que reuniu palestrantes portugueses e brasileiros, que discorreram sobre as conseqüências políticas, econômicas e comerciais da transferência da capital de Portugal para o Rio de Janeiro, bem como da transformação radical da fiscalização aduaneira em decorrência da abertura dos portos.

A Diretoria de Assuntos Parlamentares continua a estabelecer contato com deputados e senadores para que eles assinem o manifesto de solidariedade ao movimento reivindicatório dos Auditores-Fiscais.

INÍCIO

 

Manifesto
Auditores se manifestam pelo fim do fosso salarial

Os Auditores-Fiscais de Vitória da Conquista (BA) divulgaram ontem (12/5) manifesto em defesa da eliminação do fosso salarial. No documento ( anexo a este Boletim), os Auditores sugerem a adoção de providências para auxiliar a campanha pelo fim do fosso, entre elas a de “incluir, sob quaisquer circunstâncias, a transposição dos AFRFB [Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil] que estão no fosso salarial na pauta de negociação da categoria”.

Os Auditores também destacam a importância de se levar ao conhecimento dos parlamentares brasileiros o custo “irrisório” da transposição para o orçamento do Governo Federal.

 

INÍCIO

Manaus
Auditor apreende 72 mil celulares no porto

Na sexta-feira (9/5), 72 mil aparelhos telefônicos celulares montados foram apreendidos na Alfândega no Porto de Manaus (AM). A mercadoria foi declarada como “partes e peças para industrialização”. No entanto, quando o Auditor-Fiscal realizou a verificação física, no curso do despacho aduaneiro, constatou que as mercadorias estavam montadas. A carga apreendida foi avaliada em sete milhões de reais.

A apreensão demonstra a importância do cargo na defesa dos interesses sociais e o alto grau de responsabilidade que a autoridade fiscal assume no cumprimento de suas atribuições legais.

Segue anexa íntegra da nota encaminhada pela DS Manaus.

INÍCIO

 

Nota de Falecimento

A DS (Delegacia Sindical) Recife (PE) comunica o falecimento do Auditor-Fiscal aposentado da RFB (Receita Federal do Brasil), Abel Albuquerque Silva, ocorrido no último sábado (10/5). A DS e a DEN (Diretoria Executiva Nacional) se solidarizam com a família e os amigos de Abel neste momento de dor.

INÍCIO

 

DIRETORIA EXECUTIVA NACIONAL

Informe
Unafisco informa à sociedade suspensão da greve

Área Restrita
Sindicato busca solução para desconto dos dias parados
Recife
Auditores reforçam trabalho em busca de apoio no Congresso
Trabalho parlamentar
Deputado federal Ubiali recebe Auditores de Franca
Salvador
Comissão de Auditores visita parlamentar
Aduana
Diretor participa de evento na Câmara dos Deputados
Manifesto
Auditores se manifestam pelo fim do fosso salarial
Manaus
Auditor apreende 72 mil celulares no porto
Nota de Falecimento
   
   

Boletim em
formato word