-->


Home
Brasília, 17 de junho de 2008

ANO XIII

Nº 2621

     

Campanha Salarial
Proposta financeira é aprovada em Assembléia

A Assembléia Nacional realizada na última sexta-feira (13/6) decidiu: os Auditores-Fiscais aprovam a proposta financeira apresentada pelo Governo na reunião do dia 11. Até o fechamento desta edição do Boletim Informativo, 2.755 votos de 95 DSs (Delegacias Sindicais) e representações do Unafisco em todo o país haviam sido computados.

O indicativo que tratava da aprovação da proposta financeira recebeu 82,25% de votos favoráveis. O segundo indicativo também foi aprovado com 99,17% dos votos. Sendo assim, os Auditores decidiram que a aceitação da proposta do Governo não implica em renúncia aos demais pleitos da pauta reivindicatória.

O resultado da Assembléia reflete o grau de maturidade dos Auditores-Fiscais que souberam valorizar os avanços obtidos na Campanha Salarial. Avanços como o subsídio, a restituição da paridade, a resolução do fosso e o retorno ao mais alto patamar remuneratório do poder Executivo não podem ser minimizados. Tudo isso foi conquistado graças à unidade dos Auditores e ao trabalho da DEN (Diretoria Executiva Nacional).

INÍCIO

 

Repercussão
Trabalho de Auditor ganha destaque em horário nobre

A importância do trabalho do Auditor-Fiscal foi destaque do programa Fantástico exibido pela Rede Globo, no último domingo (15/6). Uma extensa reportagem mostrou o passo a passo da investigação desenvolvida pela RFB (Receita Federal do Brasil) que resultou na apreensão de 20 quilos de cocaína ao longo de um mês no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. A droga, que está avaliada em R$ 1 milhão, iria para o exterior escondida dentro de cartões de aniversário e até de livros infantis.

O trabalho começa através do monitoramento das bagagens e mercadorias que chegam e saem do Aeroporto Tom Jobim. Uma câmera especial instalada em um caminhão raio-x rastreia o conteúdo das malas e caixas. “O objetivo é escanear cargas em caminhões, sem ter que abrir, sem ter que gastar muito tempo para inspecionar a carga. É o que a gente chama de inspeção não invasiva”, explicou o inspetor da Alfândega do Aeroporto Tom Jobim, Auditor-Fiscal Elis Marcio, ao repórter.

A reportagem esclarece que se o conteúdo das caixas e bagagens estiver de acordo com o que foi declarado na nota fiscal, a carga é liberada. No setor de desembarque internacional, pequenas máquinas de raio-X também procuram outras irregularidades, em especial drogas.

Investigação – Cães farejadores completam o trabalho, ajudando na identificação de entorpecentes em correspondências de todo o país que têm como destino o exterior. Após o alerta dos cachorros, as cartas passam por um exame detalhado em um equipamento de raio-x. Diariamente, 40 mil cartas passam por essa inspeção. Confirmada a suspeita levantada pelos cães, as cartas são abertas pelos Auditores-Fiscais para checar a existência da droga.

Caso algum material suspeito seja encontrado, os Auditores fazem um teste químico instantâneo para confirmar se o conteúdo transportado é, de fato, cocaína. Assim que encontram pacotes com drogas, os Auditores-Fiscais da Receita informam à Polícia Federal.

“É importante dar o retorno do nosso trabalho. Geralmente, o que sai na mídia sobre a Receita é negativo, relacionado à carga tributária. Mostrar o resultado do nosso trabalho é a melhor forma de valorizar a Receita e o Auditor”, declarou Elis Marcio, ao Boletim Informativo do Unafisco.

“O retorno tem sido muito bom. Tenho recebido e-mails de todo o país comentando a reportagem. Todos estão percebendo de forma positiva essa divulgação da RFB e do Auditor”, comentou o inspetor.

INÍCIO

Ressarcimento
Sindicato suspende segunda parcela de 3%

A DEN (Diretoria Executiva Nacional) decidiu não efetivar o desconto da segunda parcela de 3% aprovada em Assembléia pelos Auditores-Fiscais para recompor o salário de quem foi penalizado com o corte de ponto. A intenção é só cobrar as próximas parcelas, caso necessárias, depois de concluída a negociação com o Governo, que se comprometeu em discutir o não-desconto dos dias parados.

Importante lembrar que a contribuição de três parcelas de 3% da remuneração foi aprovada, com 96,18% dos votos, pelos próprios Auditores na Assembléia Nacional do dia 30 de abril. Na Assembléia de 14 de abril, a Classe já havia aprovado com 96,74% outras duas parcelas de 1% cada.

Contribuição – A DEN esclarece que no contracheque de junho será cobrada a contribuição de 3% (ainda referente à primeira parcela) somente daqueles Auditores que não têm conta no BB (Banco do Brasil) ou que não atualizaram seus dados junto ao Unafisco, o que impediu a eles contribuir num primeiro momento. Quem não é correntista do BB, mas já fez o depósito identificado voluntariamente, estará livre do desconto.

O lançamento em contracheque só será possível porque a DEN conseguiu firmar convênio com o Ministério do Planejamento. Com isso, fica permitido para ocasiões futuras um percentual de desconto maior que o autorizado anteriormente pelo decreto que trata de consignações em folha no Poder Executivo Federal. Até a assinatura do convênio, o Sindicato só podia descontar até 1,5% da remuneração, sendo 1% da contribuição sindical e 0,5% para o fundo de mobilização.

A partir de agora, os Auditores que ainda pretendiam fazer o depósito voluntário não poderão mais efetivá-lo, pois a conta que servia para os depósitos identificados foi encerrada. Já os filiados que desautorizaram sua agência bancária a efetuar o débito terão o desconto no contracheque de julho.

Solidariedade – Em nome dos Auditores que participaram do movimento, a DEN reforça que todos os colegas – ativos, aposentados e pensionistas – deverão arcar com a contribuição para o fundo do corte de ponto. Isso porque todos os filiados, de alguma forma, serão beneficiados, seja com o subsídio, com a paridade, com o reajuste ou com a solução do fosso.

Os únicos que não serão descontados são aqueles que passaram à condição de pensionista e aposentados após a promulgação da EC (Emenda Constitucional) 41/2003 e que não terão direito à paridade. A DEN já está fazendo o levantamento para devolver a esses aposentados e pensionistas o valor equivalente aos 3% já debitados.

Participação – É importante que os Auditores se conscientizem de que a contribuição para o fundo do corte de ponto é de importância estratégica não só para esta Campanha Salarial, mas para todas as próximas. O corte de ponto foi o argumento mais usado pelo Governo para tentar amedrontar a Classe e enfraquecer o movimento, e o ressarcimento do ponto é a resposta dos Auditores a qualquer tentativa de retaliação em paralisações futuras.

A união no momento em que parte da Classe está sofrendo com os descontos dos dias parados é uma forte demonstração de solidariedade a quem foi penalizado por lutar em prol de todos os Auditores. Uma Classe que honra esse nome não pode abandonar colegas no campo de batalha.

A DEN já iniciou um levantamento e assim que todo o processo estiver concluído apresentará a prestação de contas à Classe acerca do ressarcimento.

INÍCIO

Santa Catarina
Auditores se reúnem com líder do PPS na Câmara dos Deputados

A DS (Delegacia Sindical) Joaçaba (SC) promoveu no último sábado (14/6) almoço com o deputado federal e líder da bancada do PPS na Câmara, Fernando Coruja. O encontro foi em Lages, município do interior do estado, e serviu para ampliar as discussões com parlamentares sobre as necessidades para melhorar o funcionamento da RFB (Receita Federal do Brasil).

O diretor-adjunto de Administração da DEN (Diretoria Executiva Nacional), Maurício Zamboni, esteve presente à reunião e aproveitou a oportunidade para agradecer ao parlamentar pelo apoio dado à Campanha Salarial da Classe no Congresso Nacional, ao participar de eventos promovidos pelo Unafisco e aderir à Frente de Apoio aos Auditores-Fiscais.

Durante o almoço, Zamboni reiterou a disposição dos Auditores em fornecer estudos para subsidiar as discussões sobre a reforma tributária e solicitou a Coruja que o PPS indique um representante para a Comissão Especial que analisará a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 555/06. A PEC acaba com a contribuição previdenciária sobre as aposentadorias e pensões. Coruja firmou o compromisso de atender ao pleito.

INÍCIO

Demonstrativos Contábeis
Unafisco publica balancetes referentes a março/2008

A DEN (Diretoria Executiva Nacional) publica na Área Restrita do site do Unafisco os balancetes do mês de março deste ano, com detalhamento das contas do Sindicato.

INÍCIO

Ressarcimento
A DS/Rio de Janeiro reitera chamado para entrega de documentos

A DS (Delegacia Sindical) Rio de Janeiro já reembolsou, com recursos próprios, 300 Auditores-Fiscais que tiveram o ponto cortado. Aos filiados que ainda não entregaram a documentação completa, a Delegacia faz a convocação para que adotem os procedimentos necessários, a fim de possibilitar a conclusão do ressarcimento de quem teve o ponto cortado. Íntegra da nota enviada pela DS está anexa ao Boletim.

Tão logo a DEN (Diretoria Executiva Nacional) proceda à conferência das documentações enviadas pelas DSs, todas elas serão ressarcidas com os recursos obtidos com os descontos dos 3% aprovado em Assembléia Nacional.

INÍCIO

Deliberações
DS/Uberaba sugere ações para as negociações

Os Auditores-Fiscais filiados à DS (Delegacia Sindical) Uberaba (MG) envia nota firmando posição em relação à condução das negociações e sugerindo alguns encaminhamentos. Confira na Área Restrita.

INÍCIO

Esclarecimento
DS realiza trabalho parlamentar em São Vicente

A respeito da matéria “DS começa articulação para formar rede de apoio à LOF”, publicada na edição de ontem (16/6) deste Boletim Informativo, a DS (Delegacia Sindical) Santos (SP) esclarece que a reunião com o líder do PSB na Câmara dos Deputados, Márcio França, ocorreu na cidade de São Vicente (SP).

A intenção é complementar, na base, o trabalho parlamentar feito pela DEN (Direção Executiva Nacional) em favor da Lei Orgânica aprovada e defendida pelos Auditores-Fiscais.

INÍCIO

Rio de Janeiro
Propostas e manifesto aprovados na Assembléia

Durante a Assembléia Nacional realizada na última sexta-feira (13/6) no Auditório da ABI (Associação Brasileira de Imprensa), os Auditores do Rio de Janeiro aprovaram propostas acerca da recomposição do fundo de corte de ponto.

Os Auditores que participaram da Assembléia na ABI também aprovaram um manifesto, que foi referendado pelos colegas em Assembléia no Porto de Itaguaí.

As propostas e o manifesto estão publicados na Área Restrita do site.

Esclarecimento – Sobre o manifesto, a DEN (Diretoria Executiva Nacional) esclarece que as informações ali destacadas estão equivocadas.

O conteúdo transcrito de um Boletim da DEN no manifesto se refere a uma tabela em que o salário inicial era cerca de R$ 2.500,00 menor do que o da tabela conciliatória aprovada em Assembléia. Já o salário inicial da última tabela é cerca de R$ 800,00 menor.

Afora isso, a tabela referida no manifesto, além de diminuir o salário inicial em um valor muito mais elevado, diminui todos os outros de forma proporcional entre os padrões AII e BIV. Na última tabela apresentada, embora ocorra uma diminuição no primeiro padrão, ela mantém os valores de todos os outros salários entre AII e BIV, conforme a penúltima proposta e, por isso, soluciona o fosso.

Tais esclarecimentos demonstram ser equivocadas as considerações feitas no manifesto.

INÍCIO

Salvador
Auditores participam de festa junina

A DS (Delegacia Sindical) Salvador (BA) realizou na sexta-feira (13) o “Arraiá Unafisco Sindicá”, com a presença de diversos Auditores da cidade.

Segue anexa nota encaminhada pela DS.

INÍCIO

 

DIRETORIA EXECUTIVA NACIONAL

Repercussão
Trabalho de Auditor ganha destaque em horário nobre
Ressarcimento
Sindicato suspende segunda parcela de 3%
Santa Catarina
Auditores se reúnem com líder do PPS na Câmara dos Deputados
Demonstrativos Contábeis
Unafisco publica balancetes referentes a março/2008
Ressarcimento
A DS/Rio de Janeiro reitera chamado para entrega de documentos
Deliberações
DS/Uberaba sugere ações para as negociações
Esclarecimento
DS realiza trabalho parlamentar em São Vicente
Rio de Janeiro
Propostas e manifesto aprovados na Assembléia
Salvador
Auditores participam de festa junina
   
   

Boletim em
formato word