-->


Home
Brasília, 9 de abril de 2008

ANO XIII

Nº 2575

     

Ato Público
Auditores de todo o país protestam hoje em Brasília

Um dia importante para a mobilização da Classe. Auditores-Fiscais de todo o Brasil participam hoje de ato público, em frente ao Ministério da Fazenda, em Brasília. A concentração está marcada para as 9 horas.

A manifestação tem como propósito demonstrar a insatisfação da Classe com o Governo Federal diante da não-apresentação de uma proposta de reajuste salarial e do rebaixamento das tabelas apresentadas até agora.

Apesar da evidente disposição para o diálogo demonstrada pelos Auditores, em mais de sete meses de negociação, o Executivo tem se recusado a cumprir o compromisso firmado de promover um alinhamento entre as carreiras típicas de Estado.

Programação – Durante a programação da manhã, os presidentes do Unafisco, Pedro Delarue, e da Fenafisp (Federação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), Lupércio Montenegro, irão entregar carta ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, em que fazem um retrospecto da Campanha Salarial e pedem o empenho dele para garantir a eficácia nas negociações.

À tarde, os Auditores deverão fazer articulação junto a deputados e senadores, no Congresso Nacional, com a entrega de outro documento aos parlamentares. O dia de protesto será encerrado com a realização de um seminário no auditório Petrônio Portela, no Senado Federal.

Os dois documentos estão anexos ao Boletim.

Programação do Ato Público

9 horas – Concentração em frente ao Ministério da Fazenda

10 horas – Início das atividades

12h45 – Saída para o almoço

14h15 – Saída para o Seminário ”O papel do Auditor-Fiscal no interesse público e no Estado democrático de direito”, no auditório Petrônio Portela, no Congresso Nacional.

15 horas – Seminário ”O papel do Auditor-Fiscal no interesse público e no Estado democrático de direito” no auditório Petrônio Portela no Congresso Nacional, com os palestrantes Alberto Amadei, Dão Real e Deputado Federal João Dado.

17h30 – Encerramento do Seminário

INÍCIO

 

Unidade
Mais de 3 mil Auditores participaram da Assembléia Nacional

Oitenta e sete DSs (Delegacias Sindicais) e representações do Unafisco em todo o país totalizaram o resultado da Assembléia Nacional realizada na última segunda-feira (7/4). A votação dos cinco indicativos contou com a participação de 3.057 Auditores-Fiscais.

O indicativo 1 foi aprovado com 99,62% dos votos, o que significa dizer a Classe rejeita a assinatura de acordo com o Governo que impeça greves futuras sobre temas diversos da questão remuneratória. Apenas 0,37% dos participantes da assembléia votaram contra o indicativo.

As funções do CNM (Comando Nacional de Mobilização) detalhadas no indicativo 2 foram ratificadas por 89,27% dos Auditores e negadas por 10,72% dos votantes.

Também foi aprovada moção de solidariedade aos Auditores-Chefes que colocaram seus cargos à disposição da Administração (indicativo 3). O resultado foi de 98,56% a favor do texto e 1,43% contra.

A realização de uma Plenária Nacional Conjunta – Unafisco e Fenafisp – em Brasília, nos dias 10 e 11 de abril (indicativo 4) foi ratificada por 84,38% dos Auditores. Em contrapartida, 15,61% da Classe se colocou contra a discussão.

O indicativo 5 recebeu 95,42% de votos “sim” e 4,57% de votos “não”. Dessa forma, a Classe exige ver assegurada a antiguidade como critério para progressão e promoção na Carreira.

INÍCIO

 

Parlamento
Auditores buscam apoio do presidente da Comissão de Finanças

A articulação em favor dos pleitos dos Auditores-Fiscais não pára. Ontem (8/4), o presidente do Unafisco, Pedro Delarue, e o diretor-adjunto de Assuntos Parlamentares, João Santos, reuniram-se com o presidente da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, Pedro Eugênio (PT/PE). O presidente da Fenafisp (Federação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), Lupércio Montenegro, também participou da conversa.

Delarue apresentou ao deputado um clipping das reportagens publicadas na mídia nacional, evidenciando os reflexos dos mais de 20 dias de paralisação e os prejuízos em especial para o comércio exterior. O presidente do Unafisco também fez um retrospecto dos mais de sete meses de negociação, em que o Governo apresentou três tabelas com sucessivos rebaixamentos. “A impressão que temos é que estamos travados na burocracia do Governo que havia prometido nos devolver o lugar que sempre nos pertenceu que é o mais alto patamar do Executivo”, afirmou Delarue.

“Não tenho dúvidas sobre a importância da Carreira pela posição estratégica na questão da arrecadação. A Comissão já fez isso antes e vai poder fazer novamente, que é se dirigir ao Governo e agir como um facilitador, demonstrando a preocupação com o problema”, disse Pedro Eugênio. Segundo o parlamentar, os pleitos dos Auditores-Fiscais estarão na pauta de hoje da Comissão. O deputado também se comprometeu a fazer contato diretamente com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo.

 

INÍCIO

Senado
Romero Jucá se compromete a reforçar articulação a favor dos Auditores

Representantes do Unafisco e da Fenafisp (Federação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil) foram recebidos novamente pelo líder do Governo no Senado, Romero Jucá (PMDB/RO). A reunião ocorreu na tarde de ontem (8/4).

O vice-presidente do Unafisco, Gelson Myskovsky, e o presidente da Fenafisp, Lupércio Montenegro, levaram ao conhecimento do senador os prejuízos que a greve tem provocado em todos os portos e aeroportos do Brasil, e reforçaram o pedido de que o líder interceda junto ao Governo para uma finalização positiva da negociação iniciada em agosto do ano passado.

Gelson também destacou que o objetivo da paralisação não é causar transtornos para a sociedade e, sim, defender a valorização dos Auditores. O diretor-adjunto de Assuntos Parlamentares do Unafisco, João Santos, defendeu o alinhamento das carreiras típicas de Estado. “A Receita [Federal do Brasil] está dando importantes provas de eficiência com recordes de arrecadação em janeiro, fevereiro e março. Precisamos ser valorizados”, avaliou.

Jucá afirmou já ter feito contatos com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, e que retomará a conversar hoje, assim que o ministro retorne de viagem ao exterior. O senador disse acreditar que o impasse será resolvido com rapidez.

INÍCIO

 

Articulação
Auditores cobram de líder interlocução com Governo

O líder do Governo na Câmara dos Deputados, Henrique Fontana (PT/RS), também foi alvo da articulação dos Auditores-Fiscais, no Congresso Nacional, na noite de ontem (8/4).

Na audiência, o Unafisco foi representado pelo seu presidente, Pedro Delarue, pelo seu primeiro vice-presidente, Gelson Myskovsky, pelo diretor-adjunto de Assuntos Parlamentares, João Santos, e pelo Auditor ligado à DS (Delegacia Sindical) Blumenau Carlos Henrique.

Pela Fenafisp (Federação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal dos Brasil), estavam presentes o presidente da federação, Lupércio Montenegro, e a diretora de Assuntos Parlamentares, Elizabete Ferraz.

Os representantes dos Auditores-Fiscais solicitaram que o líder seja mais um interlocutor da Classe junto ao Governo, buscando a solução do impasse em que se encontra a negociação da Campanha Salarial.

Fontana reconheceu a força do movimento dos Auditores e ponderou as dificuldades do Governo de resolver a questão, diante da pressão feita por diversas categorias do serviço público. O deputado chegou a afirmar que, caso os Auditores retomassem as atividades, seria possível tentar voltar a primeira proposta apresentada pelo Governo.

“São mais de sete meses de negociação. Já demos inúmeras demonstrações de disposição para o diálogo. Chegou o momento de o Governo dar a sua contra-partida”, disparou Pedro Delarue.

INÍCIO

 

São Paulo
Auditores lançam manifesto na Assembléia Legislativa

Para dar mais força ao movimento grevista, os Auditores-Fiscais do Estado de São Paulo lançaram ontem (8/4), durante evento na Assembléia Legislativa, um manifesto, que será assinado por deputados estaduais e encaminhado ao Governo Federal.

Os deputados Alex Manente (PPS), Davi Zaia (PPS), Edson Giriboni (PV) e Vitor Sapienza (PPS) estiveram presentes e prometeram colher assinaturas de outros parlamentares. Eles também manifestaram apoio às reivindicações dos Auditores. “Nenhum Governo pode ser bom sem valorizar aqueles que fazem a arrecadação”, afirmou Manente.

Durante o evento, o diretor de Comunicação Social do Unafisco, Maurício Zamboni, fez uma retrospectiva da Campanha Salarial e destacou a importância das atribuições dos Auditores-Fiscais. O diretor disse ainda que o apoio dos deputados de São Paulo é bastante significativo para fortalecer o movimento.

Os presidentes das DSs (Delegacias Sindicais) Santo André e São Paulo, Eduardo Selio Mendes e Luiz Fuchs, também estiveram presentes. Mais de 100 pessoas participaram do evento.

INÍCIO

 

Piracicaba
Entrega dos Trabalhos e Cargos de chefia

Em carta entregue ontem (8/4) ao delegado-adjunto da DRF (Delegacia da Receita Federal do Brasil) em Piracicaba (SP), Benedito Pereira da Silva Júnior, Auditores-Fiscais ocupantes de cargos de chefia e seus substitutos entregaram uma carta em que colocam seus cargos à disposição em solidariedade às reivindicações da Classe.

Na mesma data, foi realizada a entrega dos trabalhos que se encontravam sob a responsabilidade da maioria dos Auditores-Fiscais.

Na oportunidade, foi ressaltado o descontentamento com os seguintes pontos:

- tratamento discriminatório dado à Classe em comparação às demais carreiras de Estado;

- falta de uma proposta condizente com a importância do cargo;

- implantação de regras e critérios não discutidos e não razoáveis de progressão e promoção funcional.

LOF – A DS (Delegacia Sindical) Piracicaba envia convite que está publicado anexo a este Boletim para palestra sobre a LOF (Lei Orgânica do Fisco), a ser realizada hoje com o diretor de Comunicação Social da DEN (Diretoria Executiva Nacional), Maurício Zamboni, e o diretor de Assuntos Jurídicos, Wagner Teixeira Vaz.

INÍCIO

 

Devoluções
Auditores-Fiscais mineiros entregam cargas de trabalho

Divinópolis

Aproximadamente 15 Auditores-Fiscais mineiros fizeram a devolução de suas cargas de trabalho, ontem (8/4), ao delegado da DRF (Delegacia da Receita Federal do Brasil) Divinópolis (MG), Carlos Ribeiro Mosso.

Os Auditores-Chefes da região ainda não colocaram seus cargos à disposição porque aguardam orientações do CNM (Comando Nacional de Mobilização). Segundo o vice-presidente da DS (Delegacia Sindical) Divinópolis, Frederico Pires Maia da Silva, pelo menos quatro Auditores-Chefes já externaram essa vontade.

Pires ainda destaca que os setores mais afetados em Divinópolis são a Sacat (Seção de Controle e Acompanhamento Tributário), a Saort (Seção de Orientação e Análise Tributária) e a Fiscalização.

São esperadas mais devoluções de cargas de trabalho, ao longo da semana.

INÍCIO

 

Feira de Santana
Auditores entregam cargos em Feira de Santana

Ontem (8/4), 15 Auditores-Chefes da DRF (Delegacia da Receita Federal do Brasil) de Feira de Santana (BA) entregaram documento, que está anexo ao Boletim, ao delegado Obede Rocha Fontes, daquela DRF, colocando as funções de chefia à disposição da RFB (Receita Federal do Brasil).

O ato de devolução dos cargos contou com as presenças dos Auditores-Fiscais da RFB e dos Auditores do Trabalho, que se deslocaram da cidade de Salvador para parabenizar a atitude dos colegas.

O documento destaca a importância dos Auditores para o Brasil.

“Os Auditores-Fiscais exercem uma das funções mais complexas do Estado Brasileiro. A variedade de suas atribuições e a enorme gama de responsabilidades justificam um profissional altamente capacitado e valorizado pelo Estado, pelos Governos e pela sociedade. O seu trabalho, essencial para a existência do próprio Estado, tem grande alcance social, trazendo dignidade ao trabalhador brasileiro e recursos suficientes para garantir o pagamento dos benefícios previdenciários e a implementação de políticas públicas e sociais do governo federal. Os Auditores-Fiscais compõem uma Carreira de Estado essencial à sociedade a que servem e, como tal, devem ser reconhecidos”.

Segue anexa íntegra da nota encaminhada pela DS/Salvador.

INÍCIO

 

Recife
Entrega de cargos e palestra marcaram o dia ontem

O dia de ontem (8/4) foi marcado, em Recife, pela entrega de cargos e pela realização de uma palestra sobre assédio moral. Logo cedo, dois Auditores-Chefes de seção e supervisores de fiscalização entregaram seus cargos ao delegado da Receita Federal do Brasil em Recife. Os Auditores-Chefes entregaram ao delegado um documento em que apontam os motivos que os levaram a tomar essa decisão, entre os quais, a insatisfação com o desenrolar da Campanha Salarial.

Em seguida, na sede da DS (Delegacia Sindical), foi realizado o debate “Assédio Moral – conceito e conseqüências”, que teve como uma das palestrantes a secretária-geral do Sindicato dos Bancários de Pernambuco e coordenadora de uma pesquisa nacional sobre assédio moral no ambiente bancário, Suzineide Rodrigues de Medeiros. Também participaram a diretora-adjunta de Defesa Profissional do Unafisco, Renata Rosseto, e a advogada do Unafisco Liliane Marins. Mais de 80 pessoas participaram da palestra, o que superou as expectativas da DS.

Após o almoço, Renata Rosseto ficou na sede da DS para dar um atendimento personalizado aos Auditores-Fiscais que estão se sentido assediados moralmente no ambiente de trabalho.

Hoje – Na manhã de hoje, haverá uma visita ao prédio da Superintendência. Amanhã (10/4), continuarão as concentrações em frente ao prédio da DRF (Delegacia da Receita Federal do Brasil) e, na sexta-feira (11/4), haverá exibições de filmes no auditório da sede da DS.

INÍCIO

 

Teresina
Auditores-Chefes entregam seus cargos

entrega cargos reduzida.jpg

No dia de ontem (8/4), quase todos os Auditores-Fiscais ocupantes de cargos de chefia entregaram seus cargos ao delegado da Receita Federal do Brasil no Piauí. Apenas um Auditor-Chefe não entregou seu cargo. Em Teresina (PI), a greve continua intensa com apenas 30% dos Auditores-Fiscais trabalhando em esquema de rodízio.

INÍCIO

 

FOTO LEGENDA

Bauru (SP) – Em ato solene realizado, ontem (8/4), foi entregue ao delegado da RFB (Receita Federal do Brasil) , pelo presidente da DS (Delegacia Sindical) Bauru, Geraldo Gonçalves Pinto, documento no qual os Auditores-Chefes e substitutos colocaram à disposição da Administração da RFB, os respectivos cargos, como forma de demonstrar insatisfação com a maneira como vêm sendo conduzidas as tratativas das reivindicações da Classe.

 

INÍCIO

Greve
Auditores-Chefes de São Paulo manifestam solidariedade aos grevistas

Na segunda-feira (7/4), 24 Auditores-Fiscais ocupantes de cargos comissionados da Inspetoria da Receita Federal do Brasil de São Paulo assinaram um manifesto de apoio ao movimento grevista. Segue abaixo trecho do manifesto:

“Nós, Auditores-Fiscais ocupantes de cargos comissionados da Inspetoria da Receita Federal de São Paulo manifestamos nossa solidariedade e total apoio aos colegas Auditores engajados no processo reivindicatório de melhoria salarial e preservação das prerrogativas funcionais decorrentes da legislação tributária vigente.”

A íntegra do manifesto está anexa.

INÍCIO

 

Santos
Jornal destaca que terminais estão no limite

O jornal A Tribuna, de Santos (SP), publicou ontem (8/4) matéria destacando os efeitos da greve dos Auditores-Fiscais no porto santista. Segundo o jornal, os terminais do Porto já estão com a capacidade esgotada para receber cargas. As informações foram repassadas pela Abtra (Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados). “No que diz respeito a contêiner de importação, a situação está super crítica”, disse ao jornal o diretor executivo da Abtra, José Roberto Sampaio. No fluxo das exportações, as operações estão menos comprometidas.

O texto diz, ainda, que apesar desta não ser a greve de maior duração, é a mais forte. Segundo o jornal, em breve os navios não terão mais como atracar no porto de Santos, pois não há mais espaços para a acomodação das mercadorias. A matéria também destaca a decisão da última Assembléia de manter a greve por tempo indeterminado.

O presidente da DS (Delegacia Sindical) Santos, Wellington Clemente Feijó, foi entrevistado pelo jornal:

‘‘Vamos continuar o movimento nacional até que o Governo nos apresente uma proposta que reconheça o valor da essencialidade do nosso cargo. O Governo apresentou uma proposta incompleta, que não corresponde à nossa retribuição’’, afirmou Feijó.

Ainda de acordo com Feijó, ‘‘não é nossa intenção causar prejuízo à sociedade, mas, infelizmente, enquanto o Governo não nos reconhece como autoridade fiscal, só nos resta esse caminho’’.

A matéria está publicada na seção Últimas Notícias do site do Unafisco.

INÍCIO

 

Santos II
Força do cargo de Auditor-Fiscal repercute na mídia

O movimento grevista dos Auditores-Fiscais tem alcançado ampla repercussão na mídia. Só na baixada santista já foram mais de 30 matérias publicadas e veiculadas.

A DS (Delegacia Sindical) Santos tem aproveitado a mobilização para debater um anseio histórico dos colegas santistas: propostas alternativas para fazer com que a Classe seja reconhecida, de fato, como carreira típica e essencial para o Estado.

Em nota encaminhada à DEN (Diretoria Executiva Nacional), a DS afirma que o atual movimento transcendeu a questão salarial, buscando resgatar o respeito por parte do Governo e da opinião pública.

Ainda segundo o texto, “hoje, o desafio está em reconquistar o reconhecimento da sociedade para a nossa essencialidade, de modo que não seja necessário recorrer a greves a fim de mostrar nossa importância para o governo.”

A íntegra da nota encaminhada à DEN está anexa .

As matérias citadas no texto também podem ser conferidas na página www.unafiscosantos.org.br.

INÍCIO

 

Goiás
Parlamentar apresenta requerimento em favor dos Auditores

O deputado estadual Mauro Rubem (PT) apresentou, ontem (8/4), na Assembléia Legislativa de Goiás, um requerimento “solicitando envio de expediente ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, e ao ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, solicitando-lhes apoio ao pleito dos Auditores-Fiscais do Trabalho e da Receita Federal do Brasil que estão paralisados desde o dia 18 de março, reivindicando melhores condições de trabalho e salários dignos”.

Vários parlamentares goianos declararam  apoio às reivindicações da Classe. Os presidentes da DS (Delegacia Sindical) do Unafisco em Goiás e do Sindafit (Sindicato dos Auditores Fiscais do Trabalho no Estado de Goiás), Ayrton Eduardo e Marina Eudes, respectivamente, acompanharam a sessão com a presença de suas bases.

O requerimento está anexo ao Boletim.

INÍCIO

 

Brasília
DS realiza assembléia e encaminha carta a administradores

Na segunda-feira (7/4), cerca de 140 Auditores-Fiscais filiados ao Unafisco e à Fenafisp (Federação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil) votaram, na Assembléia Nacional Unificada em Brasília, os cinco indicativos propostos. Os quatro primeiros indicativos foram aprovados quase por unanimidade. O quinto, no entanto, causou polêmica, mas, por fim, foi aprovado.

A Assembléia foi realizada pela DS (Delegacia Sindical) Brasília de acordo com as considerações e encaminhamentos do CNM (Comando Nacional de Mobilização). A Classe, em greve há 23 dias, está sem perspectivas positivas diante das propostas apresentadas até o momento pelo Governo Federal.

Segue anexa nota com detalhamento da Assembléia.

Carta – A DS/Brasília também encaminhou, na segunda-feira, carta aos administradores da 1ª. Região Fiscal externando a insatisfação com o não-reconhecimento, por parte do Governo Federal, da importância da Classe no contexto do Estado brasileiro.

O documento destaca a imagem de excelência da Receita Federal do Brasil junto à sociedade brasileira e enfatiza a luta dos Auditores pelo reconhecimento institucional da Classe.

O texto afirma ainda:

“Este é o momento de consolidarmos o real posicionamento da categoria na estrutura do Estado, com uma renumeração condizente com essa condição, com uma Lei Orgânica que reflita e dê suporte ao efetivo exercício das nossas prerrogativas constitucionais e legais, com uma estrutura organizacional da Casa que propicie o exercício efetivo das competências inerentes às autoridades tributárias que somos.”

Confira anexa íntegra da carta.

INÍCIO

 

FOTO LEGENDA

Sorocaba (SP) - A DS (Delegacia Sindical) Sorocaba iniciou o contato com os parlamentares da região. A primeira reunião ocorreu ontem (8/4) com o deputado Renato Amary (PSDB-SP), em que foi solicitado apoio para a solução da Campanha Salarial. O parlamentar manifestou preocupação com os efeitos da greve e comprometeu-se a dedicar esforços para a solução do impasse com o Governo.

 

INÍCIO

 

Rio de Janeiro
Assembléia aprova conclamações e manifesto

Na Assembléia Nacional realizada na última segunda-feira (7/4), os Auditores-Fiscais do Rio de Janeiro aprovaram um texto em que conclamam toda a Classe a cumprir os compromissos do movimento grevista, entre os quais, o não-comparecimento a cursos e treinamentos e a não-participação em operações especiais, entre outros.

Também foi aprovada uma conclamação específica para os Auditores-Fiscais da DRJ (Delegacia da Receita Federal do Brasil de Julgamento) Curitiba cerrarem fileiras junto às demais unidades que atenderam à decisão da Assembléia Nacional de fazer a greve.

A Assembléia também aprovou um manifesto de discordância pelo fato de a Classe não ter sido consultada sobre a proposta apresentada pelo Governo no dia 3 de abril.

Estão anexos a este Boletim Informativo, as conclamações a todos os Auditores-Fiscais e aos colegas da DRJ Curitiba, assim como o manifesto de discordância.

 

INÍCIO

FOTO LEGENDA
Rio de Janeiro

Rio de Janeiro - Reunião do PIR (Programa de Imposto de Renda) no Rio de Janeiro: Auditório do Ministério da Fazenda, com capacidade para 500 pessoas, ficou assim no primeiro dia do treinamento convocado pela superintendência da 7ª RF (Região Fiscal). O evento, que normalmente lota o espaço, teve que ser suspenso em função da adesão dos Auditores-Fiscais à greve.

 

 

INÍCIO

 

FOTO LEGENDA
EADI-Resende_07-04-2008

Rio de Janeiro - Visita dos Auditores-Fiscais da zona secundária lotados na DRF (Delegacia da Receita Federal do Brasil) Volta Redonda, em apoio aos colegas da Eadi (Estação Aduaneira Interior) Resende, onde foi realizada a Assembléia Nacional de 7 de abril.

 

INÍCIO

 

Manaus
Auditores planejam entrega dos trabalhos do Enaf

No dia de ontem (8/4), diretores da DS (Delegacia Sindical) Manaus e da Fenafisp (Federação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil) visitaram os colegas lotados na DRF (Delegacia da Receita Federal) em Manaus e na Alfândega no Porto, que estão trabalhando para atender o efetivo de 30%. Na DRF, os colegas agendaram para amanhã (10/4) a entrega dos trabalhos do Enaf (Esforço Nacional de Fiscalização) e, no Porto, foi iniciada a coleta de assinaturas dos Auditores-Chefes e substitutos no manifesto de disponibilização dos cargos.

Veja, no anexo , quais as atividades de mobilização planejadas pela DS/Manaus para esta semana.

INÍCIO

 

Santa Catarina
DS/Florianópolis realiza ato público hoje

De acordo com o calendário da DS (Delegacia Sindical) Florianópolis (SC), hoje será realizado um ato público com concentração na sede da Acafip (Associação Catarinense dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil)/Sindifisp (Sindicato dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil do Estado de Santa Catarina) às 10h30. Em seguida, os Auditores-Fiscais realizam ato público em frente à Receita Federal do Brasil.

Amanhã (10/4), está agendado um café-da-manhã na sede da DS, às 9 horas. Confira programação anexa.

 

INÍCIO

FOTO LEGENDA

Vitória (ES) - Na capital capixaba, todos os trabalhos de fiscalização são afetados pela paralisação, sendo mantido o percentual de 30% para o atendimento de atividades essenciais. É o que diz matéria publicada na última segunda-feira (7/4) pelo site jornalístico Gazeta Online, que traz informações sobre a Assembléia Nacional realizada no início da semana, em Vitória.

 

INÍCIO

 

Assembléia
Auditores de Cumbica decidem continuar greve

Os Auditores-Fiscais de Cumbica decidiram na segunda-feira (7/4), em Assembléia Nacional, manter o movimento grevista na cidade. Os trabalhos estão paralisados, sendo mantidos apenas 30% das atividades necessárias para o cumprimento dos serviços essenciais.

Durante a Assembléia, também foram votados os indicativos propostos e definidos os novos rumos da mobilização. Houve ainda um debate sobre a importância do movimento e, na ocasião, o presidente da DS (Delegacia Sindical) Cumbica, Carlos Marconi, esclareceu as dúvidas mais freqüentes dos Fiscais. Já o vice-presidente da DS, Renato Gama, relatou alguns detalhes sobre a força do movimento no porto do litoral paulista.

INÍCIO

 

Porto Alegre
Auditores realizam Assembléia Nacional conjunta

Em Porto Alegre (RS), a Assembléia Nacional da última segunda-feira (7/4) foi realizada conjuntamente, pela primeira vez, no auditório da sede da DS (Delegacia Sindical) Porto Alegre. O local, que esteve lotado durante as mais de 3 horas de duração dos trabalhos, contou com a presença de 107 Auditores-Fiscais, dos quais 87 são filiados ao Unafisco e 20 ao Sindifisp (Sindicato dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil).

Dos cinco indicativos votados, todos aprovados, o primeiro e o quinto foram os que geraram os mais intensos debates, por se referirem a questões ligadas à antecipação do fechamento do acordo salarial. A íntegra do relato enviado pela DS/Porto Alegre pode ser lida anexa a este Boletim Informativo.

 

INÍCIO

Ceará
DS justifica voto pela abstenção no indicativo 5

A DS (Delegacia Sindical) Ceará encaminhou à DEN (Diretoria Executiva Nacional) justificativa de voto pela abstenção no indicativo 5, na última Assembléia, realizada segunda-feira (7/4).

A justificativa da DS é a seguinte:

“A matéria já foi submetida anteriormente à categoria, nada justificando a sua nova apreciação, uma vez que o Sidec (Sistema de Desenvolvimento na Carreira), ainda que remendado no exclusivo aspecto do sistema de promoção e progressão, manteria todo o seu arcabouço nefasto para o futuro do nosso órgão e dos AFRFB, por estes já denunciado em todas as instâncias deliberativas de nossa entidade sindical”.

Segue anexo documento enviado.

A DS encaminhou também nota sobre a participação do CNM (Comando Nacional de Mobilização) no processo de negociação. Confira íntegra anexa .

INÍCIO

 

Manifestação
DS/Santo Ângelo desagrava colega

A DS (Delegacia Sindical) Santo Ângelo (RS) envia Manifestação de Desagravo – anexa a este Boletim – onde os Auditores-Fiscais filiados ao Unafisco e ao Sindifisp/RS, reunidos em Assembléia, deixam clara indignação e repúdio ao ato calunioso praticado contra o colega Júlio Bajerski por intermédio da revista Época. Na edição desta semana, ela acusa o Auditor-Fiscal lotado em Santo Ângelo de favorecer o PT (Partido dos Trabalhadores), repassando informações sigilosas contra o PSDB.

Na manifestação, eles agradecem à Diretoria de Defesa Profissional da DEN (Diretoria Executiva Nacional) pelo apoio profissional rapidamente prestado ao Auditor.

Também lamentam o acontecido e dizem conhecer os fatos e a inocência do colega. Expressam todo o apoio e integral solidariedade, extensivos aos familiares e desejam o seu pronto restabelecimento, e breve retorno às reuniões matinais da Classe.

INÍCIO

 

CURTAS

Caruaru (PE) – Dois Auditores-Fiscais entregaram os cargos ontem (8/4), na DRF (Delegacia da Receita Federal do Brasil) Petrolina (PE): ARF (Agência da Receita Federal) Ouricuri e Chefe Nufis (Núcleo de Fiscalização) Petrolina. A paralisação na DRF/Caruaru e Petrolina chega aos 62%, mantido o quadro de 30% nas duas delegacias.

São José dos Campos (SP) - Na última segunda-feira (7/4), 25 Auditores-Fiscais de São José dos Campos entregaram trabalhos em andamento a seus chefes, por meio de protocolo. O presidente da DS (Delegacia Sindical) local, José Antonio dos Santos, afirma que a intenção dos Auditores, ao entregarem os trabalhos, foi a de demonstrar à Administração a força da mobilização.

INÍCIO

 

Nota de falecimento

É com grande pesar que a DS (Delegacia Sindical) Goiás informa o falecimento do Auditor-Fiscal aposentado Hermínio Geraldo Ivo, falecido na noite do dia 7 de abril. Hermínio Ivo foi um dos fundadores do Unafisco Goiás e um dos primeiros presidentes da DS e era muito querido entre os Auditores-Fiscais goianos.

INÍCIO

 

DIRETORIA EXECUTIVA NACIONAL

Unidade
Mais de 3 mil Auditores participaram da Assembléia Nacional
Parlamento
Auditores buscam apoio do presidente da Comissão de Finanças
Senado
Romero Jucá se compromete a reforçar articulação a favor dos Auditores
Articulação
Auditores cobram de líder interlocução com Governo
São Paulo
Auditores lançam manifesto na Assembléia Legislativa
Piracicaba
Entrega dos Trabalhos e Cargos de chefia
Devoluções
Auditores-Fiscais mineiros entregam cargas de trabalho
Feira de Santana
Auditores entregam cargos em Feira de Santana
Recife
Entrega de cargos e palestra marcaram o dia ontem
Teresina
Auditores-Chefes entregam seus cargos
FOTO LEGENDA
Greve
Auditores-Chefes de São Paulo manifestam solidariedade aos grevistas
Santos
Jornal destaca que terminais estão no limite
Santos II
Força do cargo de Auditor-Fiscal repercute na mídia
Goiás
Parlamentar apresenta requerimento em favor dos Auditores
Brasília
DS realiza assembléia e encaminha carta a administradores
FOTO LEGENDA
Rio de Janeiro
Assembléia aprova conclamações e manifesto
FOTO LEGENDA

FOTO LEGENDA

Manaus
Auditores planejam entrega dos trabalhos do Enaf
Santa Catarina
DS/Florianópolis realiza ato público hoje
FOTO LEGENDA
Assembléia
Auditores de Cumbica decidem continuar greve
Porto Alegre
Auditores realizam Assembléia Nacional conjunta
Ceará
DS justifica voto pela abstenção no indicativo 5
Manifestação
DS/Santo Ângelo desagrava colega
CURTAS
Nota de falecimento
   
   

Boletim em
formato word