-->


Home
Brasília, 25 de setembro de 2007

ANO XI

Nº 2446

   

Editorial
Estado de mobilização permanente: 99,6% dos votos

A aprovação do estado de mobilização permanente por 99,6% dos Auditores-Fiscais presentes à última Assembléia Nacional, na semana passada, demonstra que os colegas estão decididos a ficar em estado de alerta para defesa dos pleitos da Classe. A mobilização permanente, além de sinalizar nossa disposição de luta, permite que seja realizada assembléia sem a necessidade de observar o prazo de cinco dias úteis para sua convocação.

Isso é importante no decorrer da campanha, em especial se for preciso analisar rapidamente uma proposta governamental, deliberar acerca de ações para pressionar o Governo ou dar visibilidade à nossa mobilização. Muitas vezes, essas medidas requerem urgência e não podem aguardar o prazo regimental de cinco dias úteis.

Durante o Estado de Mobilização Permanente, os Auditores-Fiscais devem realizar debates, conversar com os colegas e os administradores, sugerir ações, elaborar manifestos, enfim, preparar e fortalecer a mobilização. É fundamental o engajamento de todos desde já para construir uma Campanha Salarial vitoriosa. Nesse contexto, o estado de mobilização permanente é fundamental.

INÍCIO

 

Assembléia
Resultado final está no Quadro de Avisos do site

Está disponível no Quadro de Avisos do site do Unafisco (www.unafisco.org.br) o resultado final da Assembléia Nacional realizada no dia 20 de setembro. Foram computados 2.004 votos de 87 DSs e representações. Confirmou-se a tendência de aprovação, por ampla maioria, da mobilização permanente, da tabela salarial e da inclusão, como eixo principal da pauta, da manutenção e do resgate das atribuições privativas e prerrogativas dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil.

INÍCIO

 

Eficiência
Rachid reconhece eficácia da administração tributária

Depois de o deputado federal e ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, reconhecer a eficiência da administração tributária em artigo publicado no jornal O Globo da semana passada, agora foi a vez de o secretário da Receita Federal do Brasil, Jorge Rachid, em declarações feitas ao colunista Ribamar Oliveira, na edição de ontem (24/9) do jornal O Estado de S. Paulo, apresentar números que, de fato, comprovam a eficiência do Fisco em evitar a evasão fiscal e em combater a sonegação (ver matéria na sessão Últimas Notícias do site).

Rachid explica na matéria que este ano a receita diretamente administrada pela RFB irá atingir R$ 392,2 bilhões e o que passar desse valor, segundo ele, resultará da capacidade do Fisco em arrecadar – ou seja, será conseqüência da eficácia do trabalho exercido pela Receita Federal do Brasil. O secretário da RFB, de acordo com a coluna, afirma ainda que os espaços para a evasão tributária estão sendo reduzidos. Leia mais

INÍCIO

 

Mobilização
Presidente do Unafisco debate com auditores de BH

O presidente do Unafisco, Pedro Delarue, disse ontem (24/9) em encontro com 40 colegas que participaram do café-da-manhã na sede da DS (Delegacia Sindical) do Unafisco Sindical em Belo Horizonte (MG) que espera um resultado favorável nas negociações com o Governo, mas acrescentou que a Classe deve estar preparada para defender seus direitos, se necessário. Ele lembrou que o Executivo tem até o dia 23 de outubro para apresentar sua proposta. “O resultado positivo da nossa mobilização depende da pressão que a Classe exercer”, afirmou Pedro Delarue.

Depois de conversar com os colegas na DS/BH, o presidente do Unafisco esteve na Delegacia da Receita Federal do Brasil, onde se reuniu com 12 administradores locais, e na Superintendência da 6ª Região Fiscal. O DRF de BH, Hermano Machado, disse que “a Administração não está apenas na torcida, está trabalhando pela valorização remuneratória do Auditor-Fiscal”. Leia mais

INÍCIO

 

Espaço do Auditor
Colegas expõem argumentos para valorizar Classe

A valorização dos Auditores-Fiscais pelo Governo pressupõe o reconhecimento do seu papel imprescindível para a manutenção do Estado brasileiro por meio de uma remuneração que expresse a importância das atribuições da Classe.

Em qualquer atividade, a remuneração está irremediavelmente atrelada ao grau de responsabilidade e de relevância do trabalho exercido. No que se refere aos Auditores-Fiscais, essa relação foi muito bem traduzida pelo colega Silvio José Henkemeier, em mensagem postada no Espaço do Auditor, no sábado (22/9), e pelo colega Welington Oliveira Soares, em texto postado no domingo (23/9).

As mensagens dos dois Auditores-Fiscais estão disponíveis na Área Restrita do site do Unafisco (Números 23452 e 23462, respectivamente) A partir de agora, a intenção da DEN (Diretoria Executiva Nacional) é trazer para o ambiente público do Boletim discussões travadas no Espaço do Auditor, desde que devidamente autorizadas por seus autores e respeitando os interesses estratégicos da Classe. Leia mais

INÍCIO

 

PL 01/2007
GT tem novo encontro com relator na Câmara

As entidades que compõem o Grupo de Trabalho de Institucionalização de Negociação Coletiva, do qual o Unafisco Sindical faz parte, se reúne hoje, às 9 horas, na Liderança do Governo na Câmara dos Deputados, com o deputado José Pimentel (PT-CE), relator do PL 01/2007 (que limita os gastos com o funcionalismo público à inflação mais 1,5%).

O Unafisco será representado pelo diretor de Defesa Profissional, Rafael Pillar Júnior. A previsão é de que as entidades apresentem hoje (25/9) sugestões ao PL 01/2007, uma vez que o Executivo, representado pelas lideranças do Governo na Casa já descartou a retirada de pauta da matéria.

INÍCIO

 

Reforma tributária
Entidades se reúnem para discutir Loat

As entidades do Fórum Fisco se reuniram ontem (24/9), na sede da Fenafisco ( Federação Nacional do Fisco Estadual ) , em Brasília, para discutir e avançar na proposta da Loat (Lei Orgânica das Auditorias Tributárias) e no texto da emenda constitucional que cria, no capítulo relativo ao Poder Executivo, uma seção específica para tratar da administração tributária. O diretor de Assuntos Jurídicos, Wagner Teixeira Vaz, representou o Unafisco no encontro, que prossegue hoje (25/9), quando o texto deverá ser concluído.

As entidades do Fórum Fisco querem assegurar no texto da emenda as garantias e prerrogativas da autoridade tributária, consagrando a independência e a autonomia funcional dos Auditores-Fiscais, entre outras prerrogativas.

INÍCIO

 

Campanha Salarial
Colegas de Chuí são contra “escalonamento” do reajuste

Em manifesto anexo a este Boletim, os Auditores-Fiscais de Chuí, no Rio Grande do Sul, discordam da proposta de “estabelecimento de calendário escalonado de reajuste salarial apresentado no indicativo nº 15”. Para os colegas de Chuí, “propostas deste tipo nunca deveriam partir de entidades sindicais, deixando ao Governo o desgaste de fazê-las”.

Os Auditores-Fiscais de Chuí entendem que o Governo Federal utiliza o "escalonamento" do reajuste salarial como uma ferramenta “para diluir em três anos o percentual de aumento que aceitaríamos para um ano, dando a falsa idéia de ter concedido um aumento salarial real e significativo, além de dificultar novas campanhas salariais nos próximos anos”.

A DEN (Diretoria Executiva Nacional) esclarece que nem todas as propostas enviadas à Assembléia Nacional são de sua autoria. O indicativo 15, por exemplo, surgiu das discussões da Plenária Nacional, em que foi aprovado pelos Auditores-Fiscais, referendado no CDS (Conselho de Delegados Sindicais) e, depois de todo esse processo, encaminhado à Assembléia Nacional.

INÍCIO

 

Participação
Diretor do Unafisco fala sobre LOF no Enafit

O diretor de Assuntos Jurídicos do Unafisco, Wagner Teixeira Vaz, está hoje (25/9) em Belo Horizonte (MG) para participar, no Hotel Ouro Minas, do 25º Enafit (Encontro Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho), que tem como tema “ Auditoria Fiscal do Trabalho: em defesa dos direitos do trabalhador. Às 16 horas, Wagner Vaz integra a mesa do painel Lei Orgânica da Fiscalização – Uma proposta em debate”.

Em sua exposição, o diretor do Unafisco vai defender a tese segundo a qual a LOF (Lei Orgânica dos Fiscos) tem de trazer em sua concepção as garantias e prerrogativas dos Auditores-Fiscais.

O 25º Enafit é promovido pela Aafit/MG (Associação dos Auditores-Fiscais do Trabalho de Minas Gerais) e pelo Sinait (Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho) com o objetivo de aprofundar os debates internos sobre condições de trabalho e organização classista e a interação com a sociedade. O encontro termina na próxima sexta-feira (28/9).

INÍCIO


DIRETORIA EXECUTIVA NACIONAL

Assembléia
Resultado final está no Quadro de Avisos do site

Eficiência
Rachid reconhece eficácia da administração tributária
Mobilização
Presidente do Unafisco debate com auditores de BH
Espaço do Auditor
Colegas expõem argumentos para valorizar Classe
PL 01/2007
GT tem novo encontro com relator na Câmara
Reforma tributária
Entidades se reúnem para discutir Loat

Campanha Salarial
Colegas de Chuí são contra “escalonamento” do reajuste

Participação
Diretor do Unafisco fala sobre LOF no Enafit
   
   

Boletim em
formato word