-->


Home
Brasília, 05 de setembro de 2007

ANO XI

Nº 2433

   

Unafisco/Fenafisp
Plenária Conjunta começa em Brasília

Os presidentes do Unafisco, Pedro Delarue, e da Fenafisp (Federação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil), Lupércio Montenegro, abriram ontem (4/9) pela manhã a primeira Plenária Conjunta da história das duas entidades no Hotel San Marco, em Brasília.

Após a abertura, Pedro Delarue conduziu a eleição da mesa para coordenar os trabalhos da plenária, que prosseguirá durante o dia de hoje (5/9) com deliberações a serem encaminhadas às instâncias dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil, oriundos das extintas Secretaria da Receita Federal e Secretaria da Receita Previdenciária.

Composta por representantes do Unafisco e da Fenafisp, a mesa foi eleita por aclamação pelos delegados presentes à Plenária Conjunta. Logo após a formação da mesa, os Auditores-Fiscais aprovaram, por ampla maioria, o Regimento Interno da Plenária Conjunta, ressalvando os destaques que, em seguida, foram objeto de discussão pelos colegas.

A plenária decidiu, por ampla maioria, que as votações serão decididas pela totalidade dos delegados presentes na plenária, independentemente de sua filiação. Tal decisão representa importante passo na construção de uma entidade sindical única representativa da classe dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil.

Na parte da tarde, os presidentes das duas entidades apresentaram seus informes, abrindo espaço para perguntas dos Auditores-Fiscais que participam do evento. A plenária continua nesta quarta-feira a partir das 9 horas.

INÍCIO

 

CDS
DEN reforça importância das Assembléias-Gerais

A DEN (Diretoria Executiva Nacional) lembra a todas as Delegacias Sindicais a importância de que realizem suas Assembléias-Gerais, de acordo com o que define o estatuto do Unafisco, a fim de discutir em âmbito local a mesma pauta da reunião do CDS (Conselho de Delegados Sindicais), que está marcada para os próximos dias 12, 13 e 14 de setembro, em Brasília. A DEN reforça ainda que, de acordo com o parágrafo único do artigo 28 do estatuto, essas assembléias devem ser convocadas com antecedência mínima de cinco dias úteis.

 

INÍCIO

Transparência
Diretoria vai propor voto nominal de delegados

O compromisso de tornar mais democrática a participação dos Auditores-Fiscais nas decisões do Sindicato deverá ganhar reforço e avançar nos próximos dias. A DEN (Diretoria Executiva Nacional) trabalha atualmente na implementação do voto nominal dos delegados nas reuniões do CDS (Conselho de Delegados Sindicais). A disposição da diretoria é a de permitir que todos os Auditores saibam como votou cada delegado nas deliberações do Conselho, dando transparência às decisões de interesse da Classe. Leia mais

 

INÍCIO

Gdat
Advogados esclarecem andamento das ações

A Diretoria de Assuntos Jurídicos, representada por seus diretores Wagner Vaz e Kleber Cabral, e a Diretoria de Assuntos de Aposentadoria, Proventos e Pensões, representada pela diretora Clotilde Guimarães, reuniram-se no último dia 28 de agosto com os advogados do Escritório Felsberg e Associados que patrocinam as ações de execução da Gdat (Gratificação de Desempenho de Atividade Tributária).

O objetivo da reunião era esclarecer o andamento das ações de execução e, principalmente, explicar o motivo pelo qual apenas um processo foi inscrito em precatório em 2007, para pagamento em 2008. A expectativa era de que todos os processos de filiados que encaminharam a documentação no período fixado pela DEN fossem inscritos em precatório ainda no ano de 2007. Leia mais

INÍCIO

 

Negociação
Bancada Sindical se reúne em São Paulo

A Bancada Sindical que compõe o Grupo de Trabalho (GT) para a elaboração da proposta de Institucionalização da Negociação Coletiva e Solução de Conflitos na Administração Pública reuniu-se ontem (4/9), na sede da CUT (Central Única dos Trabalhadores), em São Paulo. Na pauta do encontro, uma apresentação dos técnicos do Dieese (Departamento Intersindical de Estudos Socioeconômicos) seguida de debate sobre a proposta de convênio do SINNP (Sistema Nacional de Negociação Permanente da Administração Pública).

O gerente do Departamento de Estudos Técnicos do Unafisco, Evilásio Salvador, representou o Sindicato no encontro. Segundo ele, sete cláusulas do convênio que tratam dos aspectos técnicos e conceituais do Sistema foram debatidas na reunião, com vistas à preparação da audiência com o governo no próximo dia 12, em Brasília. Entre as cláusulas discutidas está a dos princípios e das garantias constitucionais, como a moralidade, a constitucionalidade, a impessoalidade e a liberdade sindical.

No período da tarde, a Bancada Sindical fechou alguns posicionamentos a respeito do PL 01/2007, que limita o aumento da folha de pagamento do serviço público à variação da inflação mais 1,5%. O assunto será tema do encontro agendado para o próximo dia 11 entre os sindicalistas e o deputado federal José Pimentel (PT-CE), titular da comissão especial encarregada de elaborar o parecer do PLP 01/07. Segundo Evilásio Salvador, o PL é considerado, pelas entidades, um entrave para as negociações.

INÍCIO

 

Economia
Auditor lança livros para concursos

O Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil Marlos Vargas Ferreira acaba de lançar dois livros: Economia para Concursos – Teoria Macroeconômica e mais de 100 Questões com Gabarito e Economia – Mais de 260 Questões Resolvidas. Os trabalhos são dedicados a candidatos a vagas nos fiscos municipais, estaduais e federal, que encontram dificuldades na preparação da disciplina economia, constantemente cobrada pelas bancas examinadoras.

O livro Economia para Concursos – Teoria Macroeconômica e mais de 100 Questões com Gabarito, lançado no dia 10 de agosto, também serve de instrumento para outros diferentes concursos públicos que cobram o conteúdo macroeconomia. A publicação de 256 páginas está estruturada em 11 capítulos, cada um apresenta um texto preliminar sobre os assuntos do tópico e uma bateria selecionada de questões de diversas bancas, todas gabaritadas.

Em Economia – Mais de 260 Questões Resolvidas, lançado em 8 de agosto, Marlos Vargas Ferreira comenta, em 296 páginas, questões cobradas pelas bancas examinadoras nos mais diferentes concursos públicos, aproveitando os enunciados propostos para realizar uma objetiva – mas suficiente – revisão dos assuntos abordados.

Marlos Vargas Ferreira é economista, com mestrado em Economia Monetária, pela Universidade Federal Fluminense (UFF), e autor de alguns artigos em revistas especializadas. Como Auditor, atua na área de Política e Administração Tributária, trabalhando também como instrutor da Escola de Administração Fazendária (Esaf).

INÍCIO

 


DIRETORIA EXECUTIVA NACIONAL

 

CDS
DEN reforça importância das Assembléias-Gerais

Transparência
Diretoria vai propor voto nominal de delegados
Gdat
Advogados esclarecem andamento das ações
Negociação
Bancada Sindical se reúne em São Paulo
Economia
Auditor lança livros para concursos
   
   

Boletim em
formato word