-->


Home
Brasília, 05 de outubro de 2007

ANO XI

Nº 2454

   

Valorização
Arrecadação recorde se deve à atuação dos Auditores

Em nome da valorização da Classe, o Boletim Informativo de ontem (4/10) publicou 13 motivos que justificam a importância do Auditor-Fiscal para o Estado e para o cidadão brasileiro. Hoje, o Boletim irá abordar de maneira mais detalhada a relação direta que o aumento da arrecadação e a diminuição da sonegação têm com o trabalho dos auditores. Esses temas constam entre os 13 itens já divulgados.

Nos últimos dez anos, a arrecadação tributária vem crescendo consideravelmente. De 1995 a 2006, as receitas administradas pela Secretaria da Receita Federal (agora Receita Federal do Brasil) apresentaram uma evolução real de 102,94%. As autuações subiram de R$ 46,92 bilhões em 2001 para R$ 55 bilhões em 2006. Apesar da série de desonerações promovidas pelo Governo, a previsão de arrecadação de tributos para 2008 é 11% maior que a de 2007. Leia mais

INÍCIO

 

CDS
Auditores com cargos em comissão recebem manifesto

Os delegados presentes à reunião do CDS (Conselho de Delegados Sindicais) aprovaram ontem (4/10) um manifesto dirigido aos Auditores-Fiscais que ocupam cargos em comissão na Receita Federal do Brasil (RFB), em que solicitam o apoio deles ao pleito de valorização do trabalho da Classe.

O referido manifesto, que está anexo a este Boletim, foi entregue durante jantar em Brasília promovido pelo Unafisco, pela Fenafisp (Federação dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil) e pela Anfip (Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil). Cerca de 260 auditores que ocupam cargos em comissão estavam em Brasília ontem, para uma reunião com a Administração.

Além do manifesto, foi entregue o documento elaborado pelo Unafisco em que a DEN (Diretoria Executiva Nacional) expõe 13 motivos para valorizar o trabalho do Auditor-Fiscal.

Debates – O CDS concluiu ontem as discussões sobre a Campanha Salarial e também debateu a criação da Central Nacional de Carreiras Típicas de Estado. A reunião prossegue hoje no Hotel Nacional, em Brasília.

INÍCIO

 

Resultado
Assembléia Nacional aprova todos os indicativos

A Assembléia Nacional realizada na última terça-feira, dia 2 de outubro, aprovou por ampla maioria de votos todos os indicativos propostos pela DEN (Diretoria Executiva Nacional). O resultado final das DSs (Delegacias Sindicais) e Representações do Unafisco foi consolidado ontem (4/10), às 18 horas, e está publicado na Área Restrita do site do Unafisco. De acordo com os números, está aprovada por 98,86% dos votos a paralisação de 48 horas nos dias 25 e 26 de outubro, caso a proposta do Governo, que é aguardada pela Classe até o dia 23 próximo, seja considerada insuficiente. Leia mais

INÍCIO

 

Direito de greve
Unafisco se reúne com relator do PL 4.497/01

 
Diretores do Unafisco Eduardo Moreira (primeiro à esq.),
João Santos (primeiro à dir.) e Ildebrando Zoldan
(terceiro à esq.) com deputado Nelson Marquezelli (centro)

Os diretores de Assuntos Parlamentares da DEN (Diretoria Executiva Nacional) Eduardo Artur Neves Moreira e João Santos e o segundo vice-presidente do Unafisco, Ildebrando Zoldan, debateram, na manhã de ontem (4/10), com o deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP), em seu gabinete na Câmara dos Deputados, os interesses da nossa Classe e obtiveram informações sobre o PL 4.497/2001, que trata dos termos e limites para o exercício de greve pelos servidores públicos.

O deputado, relator do substitutivo ao PL 4.497/01, esclareceu que o projeto ainda percorrerá longo caminho no Legislativo. Após ouvir os membros da diretoria, colocou-se à disposição do Unafisco Sindical para defender nossas posições, que considerajustas. O deputado disse, inclusive, que é favorável a que as Carreiras Típicas de Estado tenham um tratamento diferenciado no texto do PL 4.497/2001. Acompanharam os diretores do Unafisco, o presidente da DS/Guarulhos, Carlos Roberto Santos, e o vice-presidente da DS/Cumbica, Renato Augusto Souza.

INÍCIO

Manifesto
DS/Salvador critica calendário escalonado

A DS (Delegacia Sindical) do Unafisco em Salvador encaminhou manifesto à DEN (Diretoria Executiva Nacional), reprovando a redação do indicativo 15, da Assembléia Nacional do dia 20 de setembro, que consultou a Classe quanto ao estabelecimento de um calendário escalonado, a exemplo de outras categorias.

Diante do manifesto da DS/Salvador, a DEN esclarece que o referido indicativo havia sido apresentado e aprovado em assembléia da DS/Rio de Janeiro. Em seguida, foi levado para a Plenária Nacional dos dias 4 e 5 de setembro e apresentado por um delegado da DS/Rio de Janeiro como proposta da base carioca.

Como já afirmou em outras oportunidades, a DEN esclarece o fato de que os indicativos são encaminhados da forma como foram aprovados na plenária.

Veja anexo manifesto da DS/Salvador.

INÍCIO

 

Publicações
A Irmandade da Cruz

O Auditor-Fiscal Antônio Thomaz Neto acaba de publicar o livro A Irmandade da Cruz com o selo da ABC Editora. O livro do colega cearense relata a história da Irmandade da Cruz, fundada no Massapê, no Ceará, durante a seca do ano de 1900. Antônio Thomaz Neto é Auditor-Fiscal do concurso público de 1950 para fiscal aduaneiro, empossado em 13 de outubro de 1952. Interessados em adquirir o livro podem pedi-lo diretamente ao autor pelo e-mail athomaz@oi.com.br ou pelo telefax (85) 3224-9114.

 

INÍCIO

Auditor lança livro sobre valor Aduaneiro

O Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil Marcelo Pimentel de Carvalho acaba de publicar seu livro Valor Aduaneiro – princípios, métodos e fraude, pela Editora Aduaneiras. A obra de 248 páginas é dirigida a fiscais, juízes, procuradores, advogados e interessados em Direito Aduaneiro e Internacional. O autor é julgador na Delegacia de Julgamento de São Paulo II e instrutor na Esaf (Escola de Administração Fazendária).

No livro, Marcelo Pimentel de Carvalho analisa textos jurídicos internacionais e a legislação brasileira. Ele também estuda os antecedentes históricos, princípios e métodos de determinação do valor aduaneiro, apresentando decisões administrativas e judiciais. Ainda são abordadas questões relativas à fraude aduaneira: o subfaturamento do preço, que implica a falsidade do valor aduaneiro declarado na importação, e a interposição fraudulenta, que propicia a formação de esquemas ilícitos.

INÍCIO

 

Entrevista
Auditor fala na TV sobre lavagem de dinheiro

O Auditor-Fiscal da RFB (Receita Federal do Brasil) Willis Silva concedeu entrevista sobre lavagem de dinheiro e paraísos fiscais ao programa Debate RJ, no canal 12 da NET, no último dia 27 de setembro, com reapresentação no dia 3 de outubro. O deputado estadual Paulo Ramos (PDT-RJ) também participou do programa.

Willis Silva explicou o que é “paraíso fiscal”, como as pessoas utilizam esse “paraíso” para lavar o dinheiro e como a RFB pode rastrear essa operação. Além de ser Auditor-Fiscal, Willis Silva faz parte da Coordenação de Pesquisa e Investigação da RFB e é também instrutor da Esaf (Escola de Administração Fazendária) na disciplina “Lavagem de dinheiro”. Confira a entrevista nos links abaixo:

1ª parte: http://www.tvalerj.tv:3250/midias/monteiro/1167-5483693918439127712.wmv

2ª parte: http://www.tvalerj.tv:3250/midias/monteiro/1169-291408654883143103.wmv

3ª parte: http://www.tvalerj.tv:3250/midias/monteiro/1168-1846302096459653709.wmv

INÍCIO

 

Unafisco Saúde
Rede credenciada está entre as melhores do país

A quase totalidade dos hospitais da rede credenciada do Unafisco Saúde está incluída nas matérias veiculadas pela imprensa sobre os melhores hospitais do país. O Hospital São José, por exemplo, localizado no bairro Paraíso, na capital paulista, é um complexo de saúde cinco estrelas para executivos, empresários e pessoas com poder aquisitivo mais alto ou plano de saúde diferenciado e está disponível para os associados ao Unafisco Saúde. Leia mais

INÍCIO

 

Notas de falecimento

É com grande pesar que a DS/São Paulo informa o falecimento do Auditor-Fiscal aposentado Walter Apparecido de Cenço, aos 80 anos, no dia 3 de outubro.

A DS/Porto Alegre, por sua vez, lamenta comunicar o falecimento do Auditor-Fiscal aposentado Humberto Tadeu Veiga da Silva, ocorrido também no dia 3 de outubro. O colega atuou por mais de dez anos na antiga Divisão de Arrecadação da SRRF/10, no controle da Rede Arrecadadora de Receitas Federais. A DEN e as DSs manifestam solidariedade aos amigos e familiares neste momento de dor.

INÍCIO


DIRETORIA EXECUTIVA NACIONAL


dias para o governo mostrar se valoriza os Auditores-Fiscais

CDS
Auditores com cargos em comissão recebem manifesto

Resultado
Assembléia Nacional aprova todos os indicativos
Direito de greve
Unafisco se reúne com relator do PL 4.497/01
Manifesto
DS/Salvador critica calendário escalonado
Publicações
A Irmandade da Cruz
Auditor lança livro sobre valor Aduaneiro
Entrevista
Auditor fala na TV sobre lavagem de dinheiro
Unafisco Saúde
Rede credenciada está entre as melhores do país
Notas de falecimento
   
   

Boletim em
formato word