-->


Home
Brasília, 19 de julho de 2007

ANO XI

Nº 2399

   

Resultado oficial das eleições nas DSs é divulgado no Boletim

A partir de hoje, o Boletim Informativo do Unafisco começa a publicar em seus anexos a relação das diretorias executivas eleitas para o biênio 2007/2009 nas Delegacias Sindicais e Representações do Sindicato. A publicação é feita com base no material enviado pelas DSs para o CPD do Unafisco e tem por objetivo tornar pública a nova relação de diretores e outros membros das equipes que, a partir de 1º de agosto, estarão conduzindo os trabalhos nas DSs e nas Representações do Unafisco. As DSs que ainda não enviaram os seus resultados oficiais podem fazê-lo nos próximos dias. Acompanhe, nos anexos, os resultados já disponíveis.

INÍCIO

 

Tributo à Cidadania
DS/Aracaju recebe prêmio por ativa participação em campanha

A Delegacia Sindical do Unafisco em Aracaju recebeu do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) da capital sergipana o troféu “Tributo à Cidadania” concedido às pessoas jurídicas que mais contribuíram com os Fundos da Infância e Adolescência (FIAs). A entrega do prêmio ocorreu semana passada, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), em Aracaju.

Além da DS, mais oito instituições e entidades foram premiadas: Delegacia da Receita Federal, Secretaria de Fazenda, Petrobras, Instituto Telemar, Gerdau, Banco do Brasil, Banese e Conselho Regional de Contabilidade. As pessoas físicas que contribuíram com os FIAs também foram reconhecidas pelo CMDCA com a entrega do certificado “Cidadão Solidário”.

Somente com as contribuições feitas por auditores e técnicos da Receita Federal, os FIAs receberam um total de R$ 25.490,00. Ao todo, o fundo arrecadou R$ 120 mil, que serão distribuídos a oito entidades que desenvolvem projetos voltados a crianças e adolescentes.

Tributo à Cidadania – Há sete anos, o Unafisco Sindical lançou uma campanha para incentivar a destinação de parte do imposto devido para projetos que têm como foco o aparo à infância e à adolescência. A campanha Tributo à Cidadania tem por objetivo motivar a sociedade a contribuir com esses projetos de uma maneira bastante simples: depositar um determinado valor numa das contas dos FIAs e depois abatê-lo na declaração do Imposto de Renda.

O valor destinado aos fundos pode ser abatido do imposto devido no limite de 6%, para pessoas físicas, e de 1% para pessoas jurídicas. Os recursos são usados para financiar projetos de atendimento a crianças e adolescentes abandonados; autores de ato infracional; explorados sexualmente; usuários de drogas e vítimas de maus-tratos.

Estratégias – Ano passado, o Unafisco Sindical produziu três vídeos que foram veiculados no site da entidade e enviados também por email à categoria, explicando a importância de participar da campanha e as formas de efetivar a contribuição.

No primeiro vídeo, além do convite à participação, os auditores puderam assistir a informações atualizadas sobre a situação de risco da infância brasileira. No segundo, receberam explicações de como transformar o imposto de renda em investimento para melhorar a vida dessas crianças.

No último, foram chamados a participar da campanha por representantes de entidades, inclusive pela representante do Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef), no Brasil.

INÍCIO


DIRETORIA EXECUTIVA NACIONAL

Tributo à Cidadania
DS/Aracaju recebe prêmio por ativa participação em campanha
   
   

Boletim em
formato word