-->


Home
Brasília, 13 de junho de 2006

ANO X

Nº 2139

   

Amanhã é dia de Assembléia Nacional

Em greve desde o dia 2 de maio, os auditores-fiscais da Receita Federal têm um compromisso com a categoria nesta quarta-feira na Assembléia Nacional em que irão decidir se a paralisação pela implantação do novo patamar remuneratório continua ou não. A assembléia será realizada em todo o Brasil, em locais indicados pelas Delegacias Sindicais.

A DEN e o Comando Nacional de Mobilização (CNM) orientam as DSs a levar o maior número possível de colegas à AN. O crescimento da participação é fundamental nesta semana em que acaba o prazo sugerido pelo ministro Guido Mantega para dar resposta à nossa pauta reivindicatória. Somente unida, a categoria demonstrará sua força. Neste sentido, a DEN/CNM destaca a importância da participação dos aposentados na AN. Parte da história da Receita Federal, eles não devem deixar de expor seus pensamentos em momento tão importante aos AFRFs.

Os indicativos e as considerações estão anexos.

INÍCIO

Campanha salarial
A hora da unidade é agora: engajamento de todos é fundamental neste momento

Nossa greve foi o último recurso de uma campanha salarial que foi preparada com bastante antecedência, baseada em dados técnicos que demonstram sob vários aspectos que temos o direito de ter um novo patamar salarial para nossa carreira. Justamente porque foi construída com cautela e responsabilidade, a adesão à paralisação é histórica e envolve uma parcela significativa dos colegas administradores.

Nesse sentido é que os AFRFs em greve estão esperando que os colegas que ainda não se engajaram efetivamente o façam agora, pois para sairmos vitoriosos desta campanha é fundamental a nossa coesão. Este é o momento de tomar consciência de que o que nos une é mais forte do que eventuais divergências ou conflitos: o fundamental é lutar pela valorização da nossa carreira, defendendo a sua importância estratégica para o país.

Esse chamamento tem encontrado eco em todo o território nacional, e quase todas as localidades da SRF anunciam a decisão de paralisar por tempo indeterminado. Houve avanços importantes em localidades em que os colegas não entraram em greve. Em Santos, por exemplo, houve três paralisações, duas de 24 horas e outra de 48 horas. No Aeroporto de Cumbica houve uma paralisação de 72 horas na semana passada.

Embora com esses avanços significativos, a categoria tem a expectativa de que os colegas das duas localidades se engajem mais fortemente neste movimento neste momento decisivo. A hora é agora! As duas localidades são as últimas unidades aduaneiras que ainda não estão em greve por tempo indeterminado. Entendemos que o engajamento total dos colegas neste momento dará força e energia ainda maior ao movimento.

Que neste dia 14, Dia da Unidade e de Entrega das Funções de Chefia, possamos também ver os colegas AFRFs de todas as localidades que ainda não se engajaram vestindo a camisa da nossa Campanha Salarial e lutando, juntos, por um novo patamar salarial.

INÍCIO

Amanhã é o Dia da Unidade e de Entrega das Funções de Chefia

Esta semana será decisiva para o movimento dos AFRFs: será amanhã, dia 14, a data para reforçar nossa unidade, cujo ponto alto será conseguir ainda mais adesões das chefias com a entrega de suas funções em apoio ao movimento. Isso já vem ocorrendo espontaneamente, dada a percepção de que a luta diz respeito a toda a categoria. Mas nesta terça e quarta-feira todas os dirigentes de DSs e os AFRFs em greve devem intensificar o debate em suas localidades sobre a necessidade de reforçar essa ação, como forma de expressar força e coesão ao nosso movimento paredista.

A entrega das funções de chefia se reveste assim da maior importância, como uma demonstração concreta de unidade e firmeza no entendimento de que é urgente o estabelecimento de novo patamar salarial para a nossa categoria. A insatisfação é generalizada e é este sentimento que queremos explicitar com este ato.

Estão disponíveis no site do Unafisco, em banner específico, dois modelos de documentos que podem ser usados amanhã: um para que as chefias entreguem suas funções e outro para que os demais AFRFs da unidade firmem o compromisso de não assumir as funções vagas. É tarefa de cada um de nós lutar para que esse ato seja bastante representativo e uma demonstração inequívoca de nossa unidade.

INÍCIO

Colegas do Escor/BH aderem à greve

Os AFRFs do Escritório de Corregedoria (Escor) lotados em Belo Horizonte aderiram à paralisação. Segundo levantamento do Comando de Mobilização da DS/Belo Horizonte, dos sete colegas que trabalham no Escor, seis pararam suas atividades ontem. Somente o chefe permanece trabalhando na unidade.

O presidente da DS/Belo Horizonte, Ewerardo Lopes Tabatinga, comemora a decisão dos AFRFs da Corregedoria. “Os colegas do Escor compreenderam a importância da participação no movimento e entraram na greve, fortalecendo a nossa mobilização”, afirmou.

Hoje, grupos da DS e Comando de Mobilização irão visitar as unidades da Receita Federal na capital mineira para conversar com os chefes sobre o Dia da Unidade e Entrega das Funções de Chefia, marcado para amanhã.

INÍCIO

AFRFs de Maceió não aceitarão ocupar cargos que fiquem vagos em razão da greve da categoria

Os 40 AFRFs lotados na Delegacia da Receita Federal em Maceió, incluindo os colegas que ocupam cargos de chefia e o delegado substituto, assumiram, formalmente, o compromisso de não aceitar ocupar cargos de chefia ou supervisão que fiquem vagos em razão do movimento paredista da categoria. Um abaixo-assinado comunicando a decisão foi entregue ontem ao delegado da Receita Federal em Alagoas. O documento encontra-se anexo.

INÍCIO

Unafisco responde à carta do Sinprofaz

O presidente do Unafisco, Carlos André Soares Nogueira, enviou hoje carta ao presidente do Sinprofaz, João Carlos Souto, respondendo a correspondência em que Souto justificava a razão de ter citado os AFRFs como categoria de baixa evasão em comparação aos procuradores da Fazenda Nacional, em encontro com o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Carlos André lembra que a categoria dos AFRFs também sofre com a evasão para outras carreiras do serviço público e para iniciativa privada e destaca que “ressaltar as especialidades e as qualidades que tornam cada carreira especial para o desenvolvimento do Estado” é função dos sindicatos. “Porém a valorização de uma não deveria ser feita em detrimento da outra. Nesse contexto é que entendemos a inadequação de qualquer comparativo entre a situação das duas categorias”, escreveu. As cartas estão anexas a este Boletim.

INÍCIO

São Paulo
Terminam amanhã inscrições para encontro de aposentados

Terminam amanhã, dia 14, as inscrições para o encontro de aposentados e pensionistas paulistas que a DEN promoverá nos dias 20, 21 e 22 de junho, na cidade de Serra Negra, no interior de São Paulo. As DSs devem informar à funcionária da DEN Ana Marinho – (061)3218-5238 – a relação dos filiados que participarão do encontro.

O encontro será realizado no Biazi Grand Hotel (www.biazigrandhotel.com.br). O preço da diária, com pensão completa, em apartamento single, é de R$ 75,00. No caso de apartamento duplo, R$ 150,00. Crianças de 4 a 10 anos pagam R$ 35,00. A DEN vai dividir os custos das diárias, alimentação e transporte, entre outros, com as DSs. Ou seja, a DEN pagará todas as despesas e depois debitará a metade do valor do repasse a ser feito às DSs proporcionalmente ao número de participantes. Os custos dos acompanhantes serão de responsabilidade de cada associado.

Durante o encontro, o diretor de Assuntos Jurídicos fará uma exposição das questões jurídicas de interesse dos colegas. O evento tem por finalidade dar seqüência a uma série de reuniões regionalizadas que a DEN vem promovendo em todo o Brasil com a finalidade de manter os associados bem informados do trâmite das ações judiciais e, também, das negociações políticas que estão sendo realizadas.

Como a DS/São Paulo se encontra com diversas dificuldades, inclusive financeira, já que teve de mudar de sede e adquirir equipamentos, a DEN resolveu garantir todas as despesas, deixando o ressarcimento para posterior deliberação do próximo Conselho de Delegados Sindicais. Tal iniciativa tem o objetivo de viabilizar a participação dos colegas paulistanos no encontro.

INÍCIO

 

DIRETORIA EXECUTIVA NACIONAL

 

- Carta Unafisco ao Sinprofaz

- Abaixo Assinado Maceió

- Considerações e Indicativos para a AN de 14 de Junho

- Carta Sinprofaz ao Unafisco

 
Campanha salarial
A hora da unidade é agora: engajamento de todos é fundamental neste momento
Amanhã é o Dia da Unidade e de Entrega das Funções de Chefia
Colegas do Escor/BH aderem à greve
AFRFs de Maceió não aceitarão ocupar cargos que fiquem vagos em razão da greve da categoria
Unafisco responde à carta do Sinprofaz
São Paulo
Terminam amanhã inscrições para encontro de aposentados

Boletim em
formato word