-->


Home
Brasília, 28 de fevereiro de 2005

ANO IX

Nº 1830

   

DEN discute caso Viracopos com Superintendente da RF em São Paulo

Em reunião realizada na última sexta-feira com representantes do Unafisco, o Superintendente da Receita Federal em São Paulo, Edmundo Spolzino, relatou as providências que a administração tem tomado para resolver o caso de Viracopos. Em 2004, sete colegas de Viracopos foram vítimas de uma quadrilha, e um deles chegou a ter a filha seqüestrada.

Spolzino afirmou manter contato com as Polícias Civil, Militar e Federal, além do Ministério Público do Estado de São Paulo e Ministério Público Federal, para que o caso seja solucionado. A pedido da administração foi criada uma comissão de funcionários para acompanhar o assunto e sugerir melhorias nas condições de seguranças dos fiscais que atuam no Aeroporto de Viracopos.

O superintendente declarou que deseja se reunir com as DSs do Estado de São Paulo para encaminhar questões de interesse comum.

Além do superintendente, participaram da reunião seus adjuntos, Ronaldo Lomonaco Júnior e Guilherme Adolfo dos Santos Mendes, o inspetor de Viracorpos, João Henrique Valverde, e a delegada de Campinas, Ana Valeska Minas Assunção.

Estiveram presentes representando a DEN a presidente, Maria Lucia Fattorelli, o primeiro vice-presidente, Marcelo Escobar, a segunda vice-presidente, Ana Mary da Costa Lino Carneiro, o diretor de Defesa Profissional, Rogério Said Calil, o diretor-adjunto de Assuntos Parlamentares, Agnaldo Néri, o presidente da DS/Campinas, Paulo Alvim, a vice-presidente da DS/Campinas, Margarete Calsolari, o diretor de Defesa Profissional da DS/Campinas, Paulo Gil Introíni e o presidente da DS/São Paulo, Narayan Duque.

Para Maria Lucia, “Estes fatos demonstram que a criminalidade está atingindo níveis alarmantes e as vítimas, no caso de Viracopos, são os auditores-fiscais. Por isso, é preciso investir mais em segurança e, paralelamente, prosseguirmos em nossa luta por justiça fiscal e distribuição de renda, pois a criminalidade é conseqüência direta da má distribuição de renda e da degradação social”.

Para Marcelo Escobar, “é importante, num momento difícil como este, a completa integração entre as ações do Unafisco e da Receita Federal, para que se chegue ao resultado desejado, que é a prisão dos responsáveis pelos crimes que atingiram os auditores-fiscais em Viracopos”.

Segundo Ana Mary “a reunião foi muito positiva. É importante para os colegas perceber que a Administração está realmente interessada em resolver os problemas. O superintende demonstrou que está agindo na defesa dos funcionários”.

AFRFs assassinados - Durante a reunião também foram tratados os casos do AFRF Hélio Pimentel, assassinado pela máfia chinesa, e o recente assassinato do AFRF Carlos Alberto, na zona sul de São Paulo. O superintende disse que não está a par do andamento do caso do auditor-fiscal Hélio Pimentel, mas que irá verificar quais providências já foram tomadas e que serão utilizados os mesmos recursos destinados a Viracopos para solucionar o caso do auditor Carlos Alberto.

INÍCIO

Fiscais em Ação
DEN trabalha para fechar parceria com Rede Globo

Nesta segunda-feira, o Unafisco Sindical participa da terceira rodada de reuniões com a Rede Globo para tratar da parceria entre a entidade e a emissora sobre a veiculação de comerciais de utilidade pública, nos quais será divulgado o mote da campanha “Fiscais em Ação”: Auditores-Fiscais da Receita Federal – do lado do Brasil. Do lado do brasileiro. Confira o restante da matéria na área restrita.

INÍCIO

Inscrições para oficina de Camboriú encerram-se amanhã

Encerra-se amanhã o prazo para que os interessados em participar da oficina sindical a ser realizada na próxima sexta e sábado (dias 4 e 5) no Balneário Camboriú, em Santa Catarina, possam fazer suas inscrições. A oficina será um palco privilegiado para a discussão acerca da história e do papel do sindicalismo, além de permitir o surgimento de novas lideranças sindicais, o que oxigena e dá mais vigor ao Sindicato.

Quem quiser participar do evento no Balneário Camboriú deve preencher a ficha de inscrição (que está anexa ao Boletim 1825) e solicitar a autorização de sua respectiva Delegacia Sindical. O documento preenchido pelo auditor e assinado pela DS deve ser encaminhado à DEN para o endereço eletrônico anarosa@unafisco.org.br ou por fax, no número (61) 223-4521. A oficina será coordenada pelo sociólogo Rudá Ricci, do Instituto Cultiva, que já vem realizando este tipo de atividade para o Unafisco.

A DEN arcará com os custos de almoço e do curso; porém, as demais despesas serão de responsabilidade da DS do participante. A oficina será realizada no Hotel Sibara Flat, localizado no centro da cidade de Balneário Camboriú. O valor da diária é de R$ 80,00 para apartamento individual e de R$ 100,00 para apartamento duplo. O presidente da DS/Itajaí, Rodrigo Faust, que está organizando a oficina em conjunto com a DEN, espera que os colegas participantes tenham boas discussões durante os dois dias do evento e acredita que este será um momento para fortalecer a mobilização dos AFRFs na região Sul do país.

INÍCIO

Esclarecimento da Mesa Diretora do CDS

  Em complemento à nota divulgada na edição da última sexta-feira, sobre as suas considerações à moção de repúdio da Diretoria da DS/Alagoas, a Mesa do CDS esclarece que o seu texto, que está na área restrita do site, “lamenta a intolerância em relação à pluralidade de pensamento e, ressaltando as prerrogativas dos delegados sindicais, convida à reflexão sobre a prática sindical voltada para a verdadeira democracia”.

INÍCIO

Comissão pós-99 publica nota na área restrita

A Comissão dos AFRF Pós-99 enviou nota à DEN manifestando sua reprovação à matéria publicada no boletim do dia 24 deste mês. Segundo a nota, a iniciativa ali declarada contraria o que foi recomendado pela comissão.

A nota está publicada na área restrita de nosso site pois, no entendimento da comissão, isto preservará os mais altos interesses da categoria.

INÍCIO

Presidente fala sobre carga tributária, endividamento público e injustiça social

Colegas do Rio de Janeiro poderão participar, hoje, às 17 horas, da palestra sobre o tema"Carga Tributária, Endividamento Público e Injustiça Social", que será proferida pela presidente do Unafisco, Maria Lucia Fattorelli, em um evento promovido pelo Movimento em Defesa da Economia Nacional (Modecon). O seminário ocorrerá no 7º andar do prédio da Associação Brasileira de Imprensa, que fica na rua Araújo Porto Alegre, 71, Centro. O Modecon foi fundado por Barbosa Lima Sobrinho na década de 1990 e é, conforme descrição de seu fundador, " uma sociedade que, todas as segundas-feiras, se reúne na sede da ABI para defender os interesses do Brasil".

INÍCIO

Falha no sistema de energia elétrica deixa site do Unafisco fora do ar

A página do Unafisco na internet (www.unafisco.org.br) e o servidor de e-mail do Sindicato ficaram fora do ar no fim de semana devido a problema no sistema de energia elétrica da região onde fica localizado o Unafisco, em Brasília. A situação foi normalizada a partir da manhã de hoje.

INÍCIO

FISCAIS EM AÇÃO

Trabalho de AFRFs leva José Carlos Gratz à cadeia

Desde a última quarta-feira, dia 23, o ex-presidente da Assembléia Legislativa do Espírito Santo José Carlos Gratz é um condenado da Justiça. O resultado, de 15 anos de prisão, foi decretado pelo juiz da 3ª Vara Criminal capixaba em razão do superfaturamento em contratos da Assembléia Legislativa. A condenação do ex-deputado não apenas é uma vitória de toda a sociedade, como fruto do trabalho de AFRFs capixabas que realizaram as investigações em parceria com o Ministério Público.

O desvio de dinheiro público foi descoberto em uma fiscalização de rotina feita pela Receita Federal. Os fiscais detectaram movimentação financeira incompatível nas contas da gráfica Lineart, empresa do ex-diretor-geral da Assembléia Legislativa do Espírito Santo André Nogueira (condenado a 11 anos e seis meses de prisão) e de seus familiares, e descobriram que os valores depositados na conta da empresa vinham de uma conta que pertencia à assembléia. Foi montada uma força-tarefa para investigar o tamanho dos desvios e, durante as investigações, um juiz foi assassinado e vários AFRFs foram ameaçados de morte. O resultado da investigação foi encaminhado para o Ministério Público Estadual, que apresentou na Justiça a denúncia.

A presidente da DS/Vitória, Valéria Testoni, credita a condenação de José Carlos Gratz à competência técnica dos AFRFs envolvidos na operação, “que têm muita qualificação e seguem motivados e com espírito de servidores de Estado, executando as suas atribuições”, elogia. Para a DEN, a atuação dos colegas capixabas dignifica o trabalho do auditor-fiscal e demonstra o quanto a categoria tem contribuído para o fim da corrupção no Brasil.

INÍCIO

Fiscais apreendem 240 toneladas de tecido em Paranaguá

Um trabalho de investigação (procedimento especial) que teve quatro meses de duração desencadeou uma apreensão de 11 contêineres de tecidos de poliéster, num total de 240 toneladas. Participaram da operação três AFRFs da Delegacia da Receita Federal em Paranaguá/PR, com o apoio da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção – ABIT.

A mercadoria vinha da China e era destinada a São Paulo. A apreensão foi realizada depois que se comprovou a ocorrência de interposição fraudulenta, subfaturamento e utilização de documentos falsos.

DIRETORIA EXECUTIVA NACIONAL

INÍCIO

 

 

Fiscais em Ação
DEN trabalha para fechar parceria com Rede Globo
Inscrições para oficina de Camboriú encerram-se amanhã
Esclarecimento da Mesa Diretora do CDS
Comissão pós-99 publica nota na área restrita
Presidente fala sobre carga tributária, endividamento público e injustiça social
Falha no sistema de energia elétrica deixa site do Unafisco fora do ar
FISCAIS EM AÇÃO
Trabalho de AFRFs leva José Carlos Gratz à cadeia
Fiscais apreendem 240 toneladas de tecido em Paranaguá
 

Boletim em
formato word