-->


Home
Brasília, 17 de junho de 2003

ANO VIII

Nº 1408

 

 

ELEIÇÕES UNAFISCO
Apuração começará imediatamente após o término da votação

A Comissão Eleitoral Nacional (CEN) esclarece que, nos termos do artigo 16 do Regimento Interno das Eleições para a Diretoria Executiva Nacional e Conselho Fiscal, biênio 2003/2005, a apuração dos votos deverá ser iniciada imediatamente após o encerramento da votação e que, tão logo concluída a apuração, os Mapas de Votação e Apuração das eleições deverão ser enviados para a CEN por fax, pelos números (0XX61) 226-6382, 218-5201 ou 218-5202. A seguir, deverão ser encaminhados para a CEN, por SEDEX e sob lacre, os originais das listas de votação, mapas de votação, mapas de apuração, atas, votos, inclusive os em separado, cédulas não utilizadas e as inutilizadas.

Os colegas que optaram pelo voto por correspondência e ainda não o fizeram devem estar atentos, pois hoje também termina o prazo para a postagem.

No boletim de amanhã, a CEN divulgará a primeira parcial contendo o resultado das eleições nacionais, com base nos mapas que forem encaminhados por fax até às 23 horas de hoje. Os resultados também estarão disponíveis em tempo real, no site do Sindicato.

O modelo de Ata das Mesas Eleitorais encontra-se anexo a este boletim e também disponível no site do Unafisco Sindical - link "Eleições Unafisco".

O endereço da Comissão Eleitoral Nacional, para onde deve ser enviado o SEDEX com os originais, é o seguinte: SDS Conjunto Baracat, 1º andar, anexo, salas 1/11 - Brasília - DF, CEP 70.392-900.

Senador do PSDB declara voto contrário à PEC 40

O senador Leonel Pavan (PSDB-SC) declarou ontem, em reunião com representantes da DS/Florianópolis-Itajaí e representantes dos técnicos e PCCs da Receita, que votará contra a reforma da Previdência. Da reunião, realizada no Hotel Mariner, em Itajaí, também tomou parte o deputado estadual Dado Chereu (PSDB), que também externou sua discordância com o conteúdo da PEC 40. O senador Pavan exortou os servidores a manter a pressão sobre o Congresso Nacional e lembrou que o governo tem acenado com a distribuição de cargos "muito cobiçados" às diversas bancadas, em troca do apoio às reformas.

Além dos servidores da Receita Federal, também participaram da reunião representantes das polícias Federal e Rodoviária Federal, dos fiscais estaduais e dos professores da Universidade Federal de Santa Catarina.

Ato público em Maringá

A DS-Maringá, a convite da AMB-Associação dos Magistrados do Brasil, participou ontem de um ato público realizado na Câmara Municipal de Maringá (PR), com a finalidade de discutir a PEC 40. Participaram, também, entidades de servidores de outras categorias, como a dos Procuradores do Estado do Paraná, professores estaduais, Justiça do trabalho, e servidores municipais.

DS/Mato Grosso do Sul realiza seminário sobre reforma da Previdência

 

Auditores-fiscais, técnicos e PCCs da Receita Federal, além de servidores ligados a outras categorias do serviço público, participaram do seminário "Reforma da Previdência para o 'mercado' X Seguridade Social para o trabalhador", realizado na quinta-feira passada, no auditório Rubens Gil de Camilo, do Ministério da Fazenda, em Campo Grande (MS). O evento foi promovido pela DEN e DS/Mato Grosso do Sul, com apoio da DRF de Campo Grande e SINDITTEN local.

Participaram da mesa o presidente da DS local, Adriano Brandão de Oliveira, o delegado da Receita Federal em Campo Grande, Paulo Sérgio Peperário, o economista e atuário Ivo Loyola, a secretária de relações institucionais da Asociación del Personal de los Organismos de Previsión Social da Argentina (Apops), Gladys Mirian Cáceres Quijano, e o diretor de AssuntosJurídicos do Unafisco Sindical Tadeu Matosinho. A coordenação do seminário ficou a cargo do diretor de Seguridade Social do Sindicato, Mário Mendes de Barros.

Gladys Quijano, da Apops, relatou a destruição ocorrida no sistema previdenciário argentino, depois que o governo daquele país implementou um plano semelhante ao que se pretende implantar aqui no Brasil. Já o representante do Unafisco, Tadeu Matosinho, conclamou os presentes a participar da luta contra a PEC 40, alertando para o fato de que os servidores não devem se deixar influenciar pela mídia, uma vez que esta prefere noticiar apenas uma versão relativa ao tema. "Realizamos uma grande manifestação no dia 11, em Brasília, e marcamos um belo gol, e vimos que o jogo só está começando ", declarou.

Além do seminário, os AFRFs, TRFs e PCCs de Campo Grande realizaram atos públicos em frente ao prédio da Receita Federal nos dois dias de mobilização. Quase 100% dos colegas aderiram à mobilização. A exceção ficou por conta de alguns poucos chefes. Uma pergunta sobre quem iria ganhar com a reforma proposta pelo governo foi respondida na mesma faixa fincada em frente ao prédio da RF: "os banqueiros!"

INÍCIO

 

DIRETORIA NACIONAL

 

Modelo de ata

 

 

 

 

 

 

 

Senador do PSDB declara voto contrário à PEC 40
Ato público em Maringá
DS/Mato Grosso do Sul realiza seminário sobre reforma da Previdência

 

 

Boletim em
formato word